JP News

Fundado em 1949, on line desde 2000
Edição Impressa22 de Abril 2017 - 67 anos - 5.884Ler Jornal
Jornal de Hoje
8300
Hospital Auxiliadora
HIstória

Historiador Hidelbrando Campestrini morre aos 75 anos

O historiador preparava-se para lançar o livro o Livro das Comarcas, em parceria com o TJMS

8 NOV 2016 - 10h:24Por Talita Matsushita

O historiador Hidelbrando Campestrini morreu na noite desta segunda-feira (7), vítima de um AVE (Acidente Vascular Encefálico). Servidor aposentado do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, ele tinha 75 anos e atualmente preparava-se para lançar o Livro das Comarcas.

O historiador estava com a família, quando passou mal e foi encaminhado para hospital, passou por uma cirurgia, mas não resistiu. O velório está acontecendo hoje na Avenida Calógeras, 3000, sede do Instituto Histórico e Geográfico de MS, em Campo Grande.

Professor, escritor e presidente do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso do Sul, Campestrini ficou conhecido em Paranaíba por ter escrito a história do município por meio do livro “Santana do Paranaíba”. 

No Judiciário, deu sua última contribuição, como parceiro, no conteúdo do Livro das Comarcas que o TJ, por meio da Secretaria de Comunicação e a Coordenadoria de Arquivo e Memória, lançarão no início do mês de dezembro deste ano. A última prova da obra foi apresentada ao professor no mês de outubro, e o momento foi de muita emoção, pois no livro estão reunidos documentos e recortes, arquivados por Hildebrando Campestrini no período em que trabalhou no Poder Judiciário. 

Nascido em  em Rio dos Cedros-SC, Hildebrando Campestrini, diplomado em Filosofia e Pedagogia, em Letras e especialista em Língua Portuguesa, foi servidor do Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul, onde ocupou diversos cargos. 

Historiador nato, escreveu diversos livros, contos e artigos. É Membro da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras e, do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, eleito em 2006. Atualmente presidia o Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso do Sul. 

“A importância do que fazemos com a história, muitas vezes só tem valor dezenas de anos depois. Esta obra é mais uma prova disso e sua real importância só será percebida daqui há décadas”, concluiu o historiador, no dia em que aprovou a obra.  

Obras
Entre as obras de Hildebrando estão a ‘História de Mato Grosso do Sul’, que vai para a oitava edição, ‘Santana do Paranaíba’, 'Eldorado – memória e riquezas', além de organizar e reeditar autores sul-mato-grossenses ou ligados à nossa história, como ‘Obras Completas de Hélio Serejo’, ‘Obras Completas de Raul Silveira de Mello’, além de organizar a Série Memória Sul-Mato-Grossense. E é também, coautor da Enciclopédia das Águas de Mato Grosso do Sul, obra ímpar na cultura regional.

 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Justiça
Conscientização
Festa no céu
Competição
Ver Todos os Programas da TVC
6956