Brasil

Comércio central de Campo Grande abre até às 18h nos feriados de 11 e 12

O comércio deve pagar o equivalente a 7% do piso salarial do empregado e mais uma folga, por cada feriado trabalhado

Postado em 08 de OUTUBRO de 2015 às 14:14

Por Redação

O comércio varejista de Campo Grande poderá abrir nos feriados da Divisão do Estado, 11, e Nossa Senhora Aparecida, 12, somente se encaminharem, até amanhã, 9, o termo de compromisso com o Sindicato dos Empregados no Comércio de Campo Grande (SECCG), até às 16h. Pelo acordo também, os comércios das áreas central e periferia, devem permanecer abertos das 9h às 18h.

Os shopping centers, que também precisam encaminhar termo de acordo, podem funcionar no horário normal, ou seja, das 10h às 22h, informa Idelmar da Mota Lima, presidente do SECCG.

Os supermercados estão liberados para funcionar também normalmente. Os supermercadistas terão que pagar, ao final de cada feriado trabalhado, o valor de R$ 50 em dinheiro ou em vale compra. Além disso, terão que conceder uma folga por cada feriado trabalhado ao empregado, ainda neste mês.

O comércio varejista deve pagar o equivalente a 7% do piso salarial do empregado e mais uma folga, por cada feriado trabalhado.

Pelo acordo firmado em Convenção Coletiva de Trabalho, os empregados em concessionárias não estão autorizados a trabalhar nos feriados. Diferente também dos empregados em casas de materiais de construção, que poderão trabalhar (nos feriados) mediante o pagamento de R$ 70,00 por cada feriado e mais uma folga nos dias subsequentes.

FISCALIZAÇÃO 

Os diretores do Sindicato dos Comerciários de Campo Grande vão promover uma fiscalização de todo comércio da cidade durante os dois feriados, de domingo e segunda-feira (11 e 12), para impedir abusos de qualquer natureza contra os empregados.

“Qualquer trabalhador que se sentir lesado, deve nos procurar, no sindicato (3348-3232), para que possamos tomar as devidas providencias em seu favor”, afirmou André Luiz Garcia, diretor do sindicato.

O vice-presidente da entidade, Nelson Benitez ressalta que o pagamento pelo feriado trabalhado deve ser feito ao final do expediente. “Quem não proceder dessa maneira, precisa ser denunciado para nós, do sindicato, para que possamos cobrá-los, judicialmente se necessário”, afirma o sindicalista.

DIA DAS CRIANÇAS 

O SECCG está preparando uma grande festa em homenagem ao Dia das Crianças, neste domingo, 11, das 9h às 16h no Clube de Campo da entidade (saída para São Paulo). No local, as crianças vão ganhar algodão doce, sorvetes, pipoca e outras guloseimas, além de se divertirem em camas elásticas e outros brinquedos.

O Dia das Crianças no Clube dos Comerciários terá também piscina adulto e infantil, liberadas para as famílias de associados e convidados. Todos os presentes participarão de sorteio de prêmios.

Últimas Noticias
Agora na Capa
Política

TRE inocenta prefeito e vice de Aparecida do Taboado

Plantão

01:16

Homenagem

Delegada regional é homenageada em sessão da Câmara de Paranaíba

23:49

Energia elétrica em Mato Grosso do Sul

Energisa Mato Grosso do Sul sobe 11 posições no ranking da ANEEL

20:24

Política

TRE inocenta prefeito e vice de Aparecida do Taboado

20:03

Cultura

Festival de dança com premiação de até R$ 3 mil será realizado em Paranaíba

19:25

Tecnologia

Três Lagoas Florestal apresentará sistema inédito de detecção de incêndio

19:02

Não curtiram

Foragidos postam foto comemorando fuga de delegacia e acabam presos em Três Lagoas

17:59

Comemoração

No Dia do Circo, site de dados sobre arte circense é lançado no Brasil

+ notícias
Brasil
Comemoração

No Dia do Circo, site de dados sobre arte circense é lançado no Brasil

Queda

Vendas do varejo devem cair 3,6%, mas tendência é de recuperação, diz entidade

Investigação

JBS retoma produção de carne bovina

Cuidado!

Consumidores devem ficar atentos a ofertas de planos de internet fixa

Investigação

Juiz manda libertar últimos presos temporários da Operação Carne Fraca

Protesto

Manifestantes vão às ruas em defesa da Operação Lava Jato

Lançamento

Nova Frontier aposta em preço menor na briga das picapes médias

ver +