Região

PF abre investigação para apurar mortes durante perseguição na BR-163

Inquérito vai apurar conduta de agentes federais na ação, que ocorreu no anel viário que liga Três Lagoas a Cuiabá (MT)

Postado em 12 de NOVEMBRO de 2015 às 11:00
Assessoria/PRF-MS
Automóvel trafegava pela BR-163 e foi atingido por viatura da PF

Por Kelly Martins

A Polícia Federal investiga a conduta dos policiais durante uma perseguição, na BR-163, no anel rodoviário que liga Três Lagoas a Cuiabá (MT), em Campo Grande, e que resultou na morte de três pessoas. O acidente ocorreu na terça-feira, 10, quando a viatura bateu em uma moto e em um carro que trafegava na rodovia.  

De acordo com a assessoria da PF, foi aberto um inquérito para apurar o fato. Morreru no acidente o motorista Antônio Muniz Gomes, de 55 anos, que conduzia o carro atingido pela viatura. O motociclista Adriano Souza Oliveira, de 30 anos, e a mulher, de 25 anos, que estava como passageira, também não resistiram aos ferimentos e vieram a óbito no local do acidente.

O inquérito vai apurar se os agentes realizaram os procedimentos de segurança na ação policial. A perseguição iniciou, segundo informações da assessoria da Polícia Federal, quando um veículo furou uma barreira de fiscalização que era realizada na rodovia por agentes federais.

Na ocasião, os dois policiais que participavam da abordagem na estrada foram atrás do veículo. Na busca, perderam o controle da direção da viatura, que capotou e atingiu um automóvel e a motocicleta. As vítimas não tinha nenhuma relação com a perseguição.

Os dois policiais sofreram ferimentos e foram encaminhados para hospitais de Campo Grande. Eles receberam alta no dia seguinte. O veículo que desrespeitou a barreira policial foi encontrado no mesmo dia pela PF abandonado em um bairro da cidade. 

Últimas Noticias