Polícia

Idoso acusado de arrastar cachorro amarrado em veículo é multado

Maus tratos foi filmado por terceiros no bairro Jardim Los Angeles, em Campo Grande

Postado em 22 de DEZEMBRO de 2015 às 18:36
Divulgação/PMA
Policiais foram até o local onde o cachorro foi enterrado

Por Renata Prandini

Um idoso de 65 anos foi autuado pela Polícia Militar Ambiental (PMA) acusado de maus tratos a animais em Campo Grande. O caso chegou ao conhecimento da corporação por volta das 14h desta terça-feira, dia 22, quando policiais militares ambientais tiveram acesso a um vídeo que mostrava um  cachorro sendo arrastado por um veículo pelas ruas do bairro Jardim Los Angeles, na capital sul-mato-grossense. 

Segundo a PMA, os policiais chegaram ao responsável através das placas do veículo, um Celta. Em contato com o dono, este informou que havia vendido o carro a outra pessoa, localizada em seguida.

Aos policiais militares ambientais, o idoso contou que era dono do cachorro, mas que o animal teria sido atropelado e morto. Depois disso, ele teria amarrado o animal ao veículo para dar destino à carcaça. Os policiais foram até o local onde o animal havia sido enterrado, às margens do anel viário. O cachorro chamava-se Edy.

Em nota, a PMA informou que, por não haver como determinar se o animal já se encontrava morto, ou não, no momento em que fora arrastado, o idoso foi multado administrativamente em R$ 500 por maus-tratos e em mais R$ 5 mil, pela destinação inadequada do resíduo.

O morador também foi encaminhado para a Delegacia de Crimes Ambientais, que irá apurar os possíveis crimes de poluição e maus-tratos a animais. As penas para estes dois crimes variam de um a quatro anos de reclusão e de três meses a um ano de detenção, respectivamente. 

Últimas Noticias