ESPECIAL

Conheça histórias de pais vencedores

Série de reportagens da TVC - Canal 13 mostra a relação de filhos que mudaram e que deram prosseguimento à vida de seus pais

Postado em 13 de AGOSTO de 2016 às 10:09
Reprodução/TVC
Conheça histórias emocionantes de pais e seus filhos

Por Redação

Uma série de reportagens apresentadas nesta semana na TVC - Canal 13, emissora integrante do Grupo RCN de Comunicação, mostrou histórias de cinco pais - um com trigêmeos, outro que tornou-se pai aos 62 anos, outro que tem três filhos em sua profissão e um paratleta que cuida sozinho de dois filhos - histórias que emocionaram telespectadores.

O médico Marco Lucio Trajano dos Santos, casado com a médica ginecologista Neide Keiko, é o retrato do ditado “filho de peixe, peixinho é”. Três dos quatro filhos do casal têm a mesma profissão do pai. Os médicos Luciana, Leticia e Marco Augusto trabalham na mesma clínica que Marco Lucio. 

“Acho maravilhoso, porque a gente sente a união e não tem aquele sentimento de que o filho quando vira adulto tem uma profissão se afasta de casa” disse o pai.

Outra história emocionante é a do subtenente do Corpo de Bombeiros, Ademar Gonçalves de Oliveira, pai de trigêmeos após 17 anos de casamento com Eunice Justino. Revelou que não conteve a emoção ao descobrir que seria pai de três e que, a princípio, ficou preocupado. Ana Vitória, Samuel e Lucas nasceram em um hospital de Araçatuba (SP). Quanto à profissão,os meninos já escolheram: querem ser bombeiros.

Na profissão, Ana Paula e Higor também seguiram a carreira do pai Antônio Alves Souza, conhecido por “Toninho da  Daterra”, que atua há 35 anos no ramo imobiliário em Três Lagoas.

Higor foi o primeiro que começou  a trabalhar com Antônio. Hoje, a família toda dirige o negócio. Na segunda parte da série, Paula e Higor  não economizam elogios ao pai - motivo de inspiração, disseram. Emocionado, Higor fala que em breve se tornará pai. A filha se chamará  Helena, e Antônio ganha um beijo dos filhos, igualmente emocionado.

A quarta reportagem da série foi com o paratleta Felipe Araújo, de 35 anos, pai solteiro de duas crianças: Davi, de 11, e Catarina, de cinco anos.

Felipe teve uma de suas pernas amputada após sofrer um acidente, mas isso não o impossibilitou de vencer obstáculos e se tornar atleta. “Eu soube pegar um limão bem azedo que surgiu na minha vida, problemas de saúde e a perna amputada, e fazer dele uma limonada bem doce”, comenta. 

É ele quem cuida das crianças, desde a arrumação de roupas até a preparação de comida, banho, cabelos e tudo o que, comumente, é feito por mães. “Meu pai é um campeão”, disse Davi.

A série foi encerrada nesta sexta-feira com a história de   Pócion Sabú, pai de uma criança com Down, na terceira idade. Maria Fernanda alterou toda a rotina de Pócion. “Ser pai aos 62 anos muda toda a vida de um homem. E muda pra melhor, porque sei o valor disso, e sou eu quem faz tudo pra ela, com apoio total”. Sobre o futuro da menina, Pócion diz: “O céu é o limite para ela. Ela vai crescer como criança normal, vai estudar, fazer balé, academia, tudo o que ela quiser. Vou estar sempre por perto”, afirma, orgulhoso.


FICHA TÉCNICA

Reportagens
Maria do Carmo Matos

Apoio 
Beatriz Rodas 
Viviane Pinheiro
Stefanny Pincela

Câmeras
Marcos Arruda
Max Silva
Matheus Siqueira
José Luiz

Edição de Imagens
Anderson Olmos

Diagramação
Danielle Leduc

Editor Responsável
Valdecir Cremon 


 

Últimas Noticias
Agora na Capa
Carga horária

Agentes de endemias de Três Lagoas querem redução na jornada de trabalho

Plantão

19:25

Encontro

Presidente do PROS participa de debate sobre reforma da Previdência

18:47

Carga horária

Agentes de endemias de Três Lagoas querem redução na jornada de trabalho

18:09

Investimento

Senadores pedem liberação de licença para instalação de fábrica

17:43

Economia

Sebrae vai ajudar deputados na discussão da reforma tributária

17:32

Sebraejor

Sebrae promove integração com jornalistas em Três Lagoas

17:06

Feriadão

Vai pegar estrada no carnaval? Confira dicas de segurança

15:32

Imunização

Vacina contra a febre amarela volta a ser oferecida para toda população

+ notícias
ESPECIAL
Retrospectiva 2016

Ano teve queda de exportações e entrada de Três Lagoas no Ices

Desafios

Série Desafios - Próximo prefeito de Três Lagoas terá de investir em educação. Parte 3

Desafio da saúde

Série Desafios - Próximo prefeito de Três Lagoas terá de investir na saúde - Parte 2

Desafios

Série Desafios - Próximo prefeito de Três Lagoas terá de investir em infraestrutura - Parte 1

Homenagem

Conheça histórias de pais vencedores

Fundamental

Veja a importância da Unidade de Oncologia do Hospital Auxiliadora

Solidariedade

Rotary conclui unidade de oncologia no Auxiliadora. VEJA VÍDEOS

ver +