Rio 2016

Aprovado recurso extra de R$ 180 milhões para Paralimpíada Rio 2016

Parte do dinheiro liberado poderá ser usada em propaganda do governo federal

Postado em 23 de AGOSTO de 2016 às 16:10
Fernando Frazão/Agência Brasil
Símbolo usado pela Rio 2016 para exposição da tocha olímpica

Por Valdecir Cremon

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou, nesta segunda-feira (22), Medida Provisória 722/16, que abre crédito extraordinário em favor da Presidência da República e do Ministério do Esporte, no valor de R$ 180 milhões. Desse total, R$ 100 milhões seriam para a Presidência empregar em ações de comunicação institucional e publicidade de utilidade pública. A matéria precisa ser aprovada ainda pelo Senado.

Os recursos para a Presidência foram bloqueados por liminar concedida pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, que acolheu parte de uma ação protocolada pelo partido Solidariedade questionando a constitucionalidade da MP.

Dessa forma, a matéria foi aprovada na forma de um projeto de lei de conversão que incorporou a decisão de Mendes, que suspendeu a liberação desses R$ 100 milhões com o argumento de que essas despesas não correspondem aos critérios previstos pela Constituição para a edição de medida provisória para créditos extraordinários, pois não seriam despesas imprevisíveis nem urgentes.

Outra parte do crédito extraordinário, de R$ 80 milhões, não foi bloqueada e foi destinada ao Ministério do Esporte para a implantação de infraestrutura dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016. O Brasil quer ficar entre os primeiros países em número de medalhas da competição.

Compensações

Editada pela presidente afastada Dilma Rousseff no final de abril, a MP compensava a abertura do crédito por meio do cancelamento de uma dotação de R$ 100 milhões para o Ministério de Minas e Energia, que seria utilizada em aumento da participação da União no capital da Eletrobras. Com a suspensão do crédito aberto, o cancelamento também foi cancelado.

Já os R$ 80 milhões foram remanejados dentro do próprio Ministério do Esporte com recursos que antes eram destinados a atividades e projetos da rubrica Esporte, Educação, Lazer, Inclusão Social e Legado Social. (Com informações da Agência Câmara)

Últimas Noticias
Agora na Capa
Carga horária

Agentes de endemias de Três Lagoas querem redução na jornada de trabalho

Plantão

19:25

Encontro

Presidente do PROS participa de debate sobre reforma da Previdência

18:47

Carga horária

Agentes de endemias de Três Lagoas querem redução na jornada de trabalho

18:09

Investimento

Senadores pedem liberação de licença para instalação de fábrica

17:43

Economia

Sebrae vai ajudar deputados na discussão da reforma tributária

17:32

Sebraejor

Sebrae promove integração com jornalistas em Três Lagoas

17:06

Feriadão

Vai pegar estrada no carnaval? Confira dicas de segurança

15:32

Imunização

Vacina contra a febre amarela volta a ser oferecida para toda população

+ notícias
Rio 2016
De volta!

Após conquista de medalhas, Ricardo e Silvânia retornam a Três Lagoas

Vencedores!

Paralimpíada: confira o ranking de medalhistas brasileiros por Estado

Acabou!

Brasil aumenta número de medalhas, mas fica em oitavo lugar na Paralimpíadas

Paralimpíadas

Silvânia conquista ouro em final emocionante

Segurança ao torcedor

Defensoria Pública fez 159 atendimentos voluntários na Olimpíada

Dose dupla

Silvânia e Lorena ganham medalhas para o Brasil em salto T11

É ouro!!!

Silvânia conquista medalha de ouro em salto em distância

ver +