Rio 2016

Brasil terá atletas nas 22 modalidades nos Jogos; Silvânia é esperança de medalha

Abertura das competições será no início da noite desta quarta-feira, feriado nacional, no Maracanã

Postado em 07 de SETEMBRO de 2016 às 5:00
Daniel Zappe/CPB
Foto oficial de atletas que disputam os Jogos do Rio a partir de hoje

Por Valdecir Cremon

Os Jogos Paralímpicos começam hoje (7), no Rio de Janeiro e, pela primeira vez na história, o Brasil terá representantes em todas as 22 modalidades que serão disputadas. Antes mesmo do início da competição, o país já bateu um recorde na Paralimpíada: esta será a maior delegação da história em Jogos Paralímpicos, com 287 atletas, sendo 185 homens e 102 mulheres, além de 23 acompanhantes (atletas-guia, calheiros e goleiros) e 195 profissionais técnicos, administrativos e de saúde.

Entre os brasileiros, 46 atletas de 11 modalidades já subiram ao pódio em paralimpíadas anteriores. Para este ano, o objetivo do Comitê Paralímpico Brasileiro é que o Brasil chegue em 5º lugar no quadro de medalhas, com desempenho melhor do que em Londres, em 2012, quando ficou em 7º lugar, com 43 medalhas no total (21 de ouro, 14 de prata e oito de bronze). A competição, que vai até o dia 18 de setembro, reunirá mais de 4,3 mil atletas de 160 países, que irão disputar 528 medalhas.

A atleta Silvânia Costa, de Três Lagoas, é uma das esperanças do Brasil para a conquista de medalhas no atletismo

Veja competição de Silvânia Costa, como preparação para os Jogos Paralímpicos do Rio

Veja imagem da conquista de Silvânia Costa no mundial de 2013

FESTA DE ABERTURA

A cerimônia de abertura dos Jogos Paralímpicos do Rio será hoje (7), às 18h15, no Maracanã. O espetáculo contará com um elenco de 2 mil voluntários e 78 bailarinos, além de duas companhias de dança de cadeirantes.

O artista plástico Vik Muniz, diretor criativo da cerimônia de abertura, disse que o evento vai representar o estilo espontâneo e “caótico” dos brasileiros. “Os brasileiros são muito espontâneos e muito bagunçados, nós temos que abranger tudo isso, não podemos ir contra a nossa natureza”, disse.

Uma das atrações será uma megarrampa em que o atleta paralímpico Aaron Wheelz descerá acompanhado do skatista brasileiro Bob Burnquist. O evento também deverá ter roda de samba, projeções no chão do estádio e uma performance de dança da atleta americana Amy Purdy, medalhista do snowboard. A Pira Paralímpica é a mesma escultura dos Jogos Olímpicos. (Com informações da Agência Brasil)

Galeria de Imagens
Últimas Noticias
Agora na Capa
Carga horária

Agentes de endemias de Três Lagoas querem redução na jornada de trabalho

Plantão

19:25

Encontro

Presidente do PROS participa de debate sobre reforma da Previdência

18:47

Carga horária

Agentes de endemias de Três Lagoas querem redução na jornada de trabalho

18:09

Investimento

Senadores pedem liberação de licença para instalação de fábrica

17:43

Economia

Sebrae vai ajudar deputados na discussão da reforma tributária

17:32

Sebraejor

Sebrae promove integração com jornalistas em Três Lagoas

17:06

Feriadão

Vai pegar estrada no carnaval? Confira dicas de segurança

15:32

Imunização

Vacina contra a febre amarela volta a ser oferecida para toda população

+ notícias
Rio 2016
De volta!

Após conquista de medalhas, Ricardo e Silvânia retornam a Três Lagoas

Vencedores!

Paralimpíada: confira o ranking de medalhistas brasileiros por Estado

Acabou!

Brasil aumenta número de medalhas, mas fica em oitavo lugar na Paralimpíadas

Paralimpíadas

Silvânia conquista ouro em final emocionante

Segurança ao torcedor

Defensoria Pública fez 159 atendimentos voluntários na Olimpíada

Dose dupla

Silvânia e Lorena ganham medalhas para o Brasil em salto T11

É ouro!!!

Silvânia conquista medalha de ouro em salto em distância

ver +