Polícia

Decreto de Miziara muda horário de expediente na Prefeitura de Paranaíba

Novo prefeito da cidade acaba com meio expediente e corta gastos com horas extras

Postado em 03 de JANEIRO de 2017 às 8:19
Divulgação
Ronaldo chegou às 5h40 nesta segunda-feira para receber os servidores municipais

Por Talita Matsushita

Os primeiros decretos da administração de Ronaldo José "Miziara" Severino Lima (PSDB) foram publicados no Diário Oficial de Paranaíba desta terça-feira (3).

Ontem, o prefeito chegou ao gabinete de trabalho às 5h40, cumprimentou servidores e assinou quatro decretos para publicação no Diário Oficial do Município com as novas medidas. Ainda durante a manhã, Miziara reuniu secretários municipais para despachos internos e recebeu várias pessoas que foram ao gabinete para cumprimentá-lo.

À tarde, percorreu alguns órgãos da Prefeitura para verificar as condições dos prédios de cada setor. Visitou a secretária de Saúde, Débora Queiroz de Oliveira, e também a secretária de Educação, Leni Souto Miziara.

O primeiro decreto altera o horário de atendimento ao público, na prefeitura, que passa para os períodos das 7h às 11h30 e das 13h30 as 17h. De 2 a 6 de fevereiro, o período da tarde será apenas para atendimento interno para a realização de diagnóstico da administração municipal bem como realização do levantamento patrimonial.

Outro decreto convoca os servidores cedidos para outros órgãos a se apresentarem na área de pessoa da secretaria de Administração no prazo de 15 dias. A não apresentação dentro do prazo estipulado importará na exclusão sumária do servidor da folha de pagamento.  

O decreto 157 trata da contenção de despesas de uma forma geral. Ele suspende por prazo indeterminado as despesas como aquisição de veículos, equipamentos e material permanente, proíbe ainda a realização de hora-extra e contratação de servidores em caráter temporário.

O prefeito também baixou decreto que define férias aos servidores da secretaria de Educação, lotados na rede municipal de ensino, no período de 2 a 31 de janeiro deste ano, menos aos que forem considerados imprescindíveis. Já o decreto 159 trata do patrimônio do município. Cada secretaria formara comissões setoriais para toda parte do patrimônio. 

De acordo com a secretária de Governo, Renata Rios, será um tempo para a nova administração analisar as contas recebidas e verificar o que está pendente. “É importante esperar esse diagnóstico para ver o que a prefeitura pode ou não gastar”, argumenta.

“Desde cadeiras, computador, tratores, caminhões, tudo será conferido num minucioso levantamento”, assegurou Renata Rios, explicando os fundamentos da portaria. Ela ressalta que há uma determinação expressa do prefeito em busca da transparência. "Vamos manter nossos contribuintes, a população em geral, informada de tudo que esta acontecendo no município”, disse.

 

Galeria de Imagens
Últimas Noticias
Agora na Capa
Carga horária

Agentes de endemias de Três Lagoas querem redução na jornada de trabalho

Plantão

19:25

Encontro

Presidente do PROS participa de debate sobre reforma da Previdência

18:47

Carga horária

Agentes de endemias de Três Lagoas querem redução na jornada de trabalho

18:09

Investimento

Senadores pedem liberação de licença para instalação de fábrica

17:43

Economia

Sebrae vai ajudar deputados na discussão da reforma tributária

17:32

Sebraejor

Sebrae promove integração com jornalistas em Três Lagoas

17:06

Feriadão

Vai pegar estrada no carnaval? Confira dicas de segurança

15:32

Imunização

Vacina contra a febre amarela volta a ser oferecida para toda população

+ notícias
Polícia
Crise

Presos em Delegacia de Aparecida do Taboado queimam colchões

Ameaça

Jovem grávida é ameaçada pelo ex-marido em Paranaíba

Flagrante

Motorista é preso em Três Lagoas com 50 mil pacotes de cigarros contrabandeados

Tragédia

Paranaibense morre em acidente entre ônibus no interior de SP

Paranaíba

PRE encontra carro abandonado recheado com droga em rodovia

Patrulha Rural

Pneus contrabandeados do Paraguai são apreendidos em caminhões

Casos de Família

Mãe depressiva pede ajuda ao Conselho Tutelar para não matar o próprio filho

ver +