Economia

Indústria recua em oito locais em novembro de 2016

Maior queda foi observada na Região Nordeste

Postado em 11 de JANEIRO de 2017 às 11:30
Agência Brasil/EBC
A maior queda foi observada na Região Nordeste (-5,2%)

Por Redação

A produção industrial recuou em oito dos 14 locais pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), na passagem de outubro para novembro deste ano. A maior queda foi observada na Região Nordeste (-5,2%). O resultado da região agrega a indústria de todos os seus nove estados.

Os três estados nordestinos que também são analisados individualmente tiveram as maiores quedas em novembro: Pernambuco (-4,9%), Bahia (-2,1%) e Ceará (-1,9%). Outros estados com recuos em suas produções industriais foram Goiás (-1,6%), Rio de Janeiro (-1,2%), Rio Grande do Sul (-0,8%) e Espírito Santo (-0,5%).

Santa Catarina manteve sua produção estável na passagem de outubro para novembro. Cinco estados tiveram crescimento: Pará (6,6%), Minas Gerais (5,9%), Amazonas (4,4%), Paraná (2,4%) e São Paulo (1,6%).

OUTRAS COMPARAÇÕES

Na comparação com novembro de 2015, no acumulado do ano e no acumulado de 12 meses, o IBGE também avalia o desempenho da indústria do Mato Grosso. Ou seja, nos demais tipos de comparação temporal, são analisados 15 locais.

Na comparação com novembro de 2015, nove locais tiveram queda na produção, com destaque para Goiás (-16,6%). Seis locais tiveram crescimento, entre eles o Pará, que teve a maior alta (9,8%).

Nos acumulados do ano e de 12 meses, 14 dos 15 locais tiveram queda. O Espírito Santo foi o estado com pior desempenho nos dois tipos de comparação, com quedas de 20,3% no acumulado do ano e de 20,1% no período de 12 meses. O Pará foi o único estado com resultados positivos, de 9,3% no acumulado do ano e de 8,5% no acumulado de 12 meses. (Agência Brasil)

Últimas Noticias
Agora na Capa
Penalidade

Quem jogar lixo nas vias públicas pode ser multado em mais de R$ 400

Correios

Sem efetivo, 20 mil correspondências ficam acumuladas em Três Lagoas

Corre ou conta

Parque São Carlos é 'eleita' a pior escola de Três Lagoas

Trânsito

Seis novos semáforos entram em funcionamento até sexta-feira

Plantão

18:59

Corpo de Bombeiros e Marinha do Brasil

Marinha do Brasil ministra curso para bombeiros de Paranaíba e região

18:58

Artigo

2017/2018: o Biênio da Matemática no Brasil

17:40

Carne Fraca

Ministério da Agricultura recolhe amostra de produtos de frigorífico investigado

17:29

Penalidade

Quem jogar lixo nas vias públicas pode ser multado em mais de R$ 400

17:24

Legislação própria

Para presidente do Sinted, exclusão dos servidores da reforma da Previdência representa ‘golpe’

17:06

Investigação

Exportação de carne caiu após Operação Carne Fraca, diz Maggi

16:33

Furto

Uems em Paranaíba é invadida e furtada

+ notícias
Economia
Economia

Estados e municípios podem usar recursos do FGTS para pagar desapropriações

Economia

Preço da cebola cai e chuva e calor prejudicam produção de alface e cenoura

Leão

Mais de 4,2 milhões de contribuintes entregaram declaração do Imposto de Renda

Investigação

Ministério suspende exportação de 21 frigoríficos investigados na Carne Fraca

Agilidade

Petrobras quer retomar rapidamente processo de venda de ativos

Levantamento

Mais de 3 milhões de trabalhadores sacaram R$ 4,8 bi de contas inativas do FGTS

Em 2017

Três-lagoenses já pagaram R$ 29,2 milhões de impostos e aumento é de 16%

ver +