Brasil

Goleiro da Chapecoense faz cirurgia de enxerto de pele

Hospital informou que Follmann está em fase final de tratamento da osteomielite

Postado em 11 de JANEIRO de 2017 às 19:00
Divulgação/Chapecoense
Goleiro Jackson Follmann

Por Redação

O goleiro da Chapecoense Jackson Follmann foi submetido a uma cirurgia para a realização de um enxerto de pele no tornozelo esquerdo. De acordo com o boletim médico do Hospital da Unimed Chapecó, o procedimento realizado na tarde de ontem (10 já estava programado e foi uma complementação do tratamento cirúrgico da lesão no local. A operação transcorreu sem nenhum problema.

Follmann é um dos seis sobreviventes do acidente aéreo ocorrido no dia 29 de novembro com um avião que levava a Chapecoense à Colômbia, no qual morreram 77 pessoas, entre atletas, membros do clube, tripulantes e jornalistas.

O hospital informou também que Follmann está em fase final de tratamento da osteomielite (inflamação causada por infecção bacteriana ou fúngica nos ossos) da perna direita.

“Segue com tratamento fisioterápico, fonoaudiológico e psicológico, com excelente evolução. Tem se mostrado tranquilo e bastante focado no tratamento e na sua reabilitação. Passa os dias na companhia de familiares e recebe visita de amigos mais próximos”, segundo o boletim.

Follmann deve ter alta hospitalar no dia 23 de janeiro. (Agência Brasil)

Últimas Noticias
Agora na Capa
Três Lagoas

Comerciante é preso após furtar ambulância e alega: 'foi para testar segurança'

Plantão

13:47

Estacionamento pago

‘Sem resultado financeiro, zona azul é inviável’ diz empresário

13:44

Três Lagoas

Comerciante é preso após furtar ambulância e alega: 'foi para testar segurança'

13:25

Corrupção

Moro condena Cunha a 15 anos de prisão por corrupção, lavagem e evasão de divisa

12:00

Aumento

Índice que reajusta aluguel sobe 4,86% em 12 meses

11:39

Fuga em massa

Seis presos são recapturados após fuga em delegacia

10:52

Sub-19

Ainda em busca de dinheiro, Misto manifesta interesse em disputar o estadual sub-19

10:30

Opinião

Charge do dia - Reforma

+ notícias
Brasil
Corrupção

Moro condena Cunha a 15 anos de prisão por corrupção, lavagem e evasão de divisa

Rigor

Nova regra prevê multa de até R$ 500 mil a empresa com irregularidade sanitária

Solução

Presidente dos Correios defende ampliação de serviços para manter estatal

Brasil

Presidente da Anac defende cobrança de babagem para crescimento do mercado

Brasil

STF mantém base de cálculo da contribuição patronal para Previdência

Levantamento

Apenas 25% das crianças com menos de 4 anos frequentam creche ou escola

Pesquisa

IBGE diz que mulher é a principal responsável por criança no domicílio

ver +