Observatório

Buscando melhorias

Leia a coluna Observatório, publicada na edição deste sábado (11) no Jornal do Povo

Postado em 11 de MARÇO de 2017 às 8:50
Arquivo/JP

Por Redação

PRAZO

Em audiência de conciliação realizada nesta semana, a juíza da vara da Fazenda Pública de Três Lagoas, Aline Beatriz de Oliveira Lacerda, concedeu mais 30 dias para que a empresa Central Park, responsável pela zona azul na cidade, apresente propostas de melhorias para este serviço de estacionamento rotativo pago na área central. A decisão foi tomada em comum acordo com a empresa e a Prefeitura de Três Lagoas. O Ministério Público Estadual por sua vez, pede o cancelamento do serviço.

AÇÃO

O Ministério Público Federal em Mato Grosso do Sul ajuizou ação civil pública contra a empresa América Latina Logística (ALL) em consequência do abandono de 14 estações ferroviárias localizadas entre os municípios de Três Lagoas e Água Clara por considerá-la  inerte e negligente na preservação do patrimônio ferroviário. A medida judicial é de grande valia, mas deveria ter sido tomada bem antes da Estação Ferroviária de Três Lagoas ter chegado na situação em que se encontra.

NA MIRA

As empresas prestadoras de serviço Sanesul e Elektro estão na mira da Câmara de Vereadores de Três Lagoas. Não é novidade que os serviços prestados pelas duas empresas, há tempos deixa a desejar. Os vereadores devem ficar atentos e cobrar realmente um serviço de qualidade e eficiente, ate porque a população paga muito caro por energia e água.

Últimas Noticias