Rádios On-line
NEGÓCIOS

"Empresas são como foguetes, mas não podem cair", afirma Luciane Dorneles

Especialista em direito trabalhista e empresarial explica como manter o crescimento exponencial de empresas no MS

17 SET 2020 - 17h:02Por Beatriz Rodas

Segundo levantamento da CBN Campo Grande, o mês de agosto registrou o segundo maior recorde de novas empresas em 2020.

No mês passado, 753 empresas foram abertas, ficando atrás apenas de julho. Isso gera um total, de janeiro a agosto, de 5.152 novos empreendimentos no estado, número considerado o maior desde 2013.

Em um comparativo com o ano passado, o crescimento é de 6%. Segundo Nathália Arcuri, jornalista, empreendedora, milionária e uma das maiores influenciadores de economia do Brasil, "uma empresa é como um bebê, ele nasce, tem seu período de desenvolvimento e precisa amadurecer. Empresas fecham quando não amadurecem a administração".

ENTREVISTA

Por isso o programa A Casa é Sua entrevistou a advogada Luciane Dorneles, especialista em direito trabalhista e empresarial, e consultora de empresas, sobre como planejar e gerir empresas a fim de evitar problemas, multas ou fechar as portas.

"Quando uma empresa já existe, nós fazemos uma gestão de risco; avaliamos tudo que está acontecendo, tudo que está errado, contratos. Em palavras mais simples, nós organizamos a casa. Quando fazemos um planejamento para abrir uma empresa, pensamos com antecedência em tudo: contratos, multas, FGTS, folga remunerada, etc. Se uma empresa está inadimplente, é pega pela vigilância e não tem como pagar as multas, ela acaba fechando", explica a advogada.

Além disso, Luciane ainda explica que, com as medidas provisórias e a crise sanitária, o planejamento e a gestão de crise devem ser redobrados. Confira:

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13