Rádios On-line
9000
SARAMPO

Três casos de sarampo foram notificados no município em 2019

A Eugênia Paiva, Coordenadora da Vigilância Epidemiológica, fala sobre as suspeitas

2 OUT 2019 - 11h:17Por Nestor Junior e Gabrielly Almeida

Mais seis notificações foram somadas aos dados da SES (Secretaria de Estado de Saúde) sobre a incidência de sarampo em Mato Grosso do Sul, que esta semana totalizou 64 comunicações sobre a incidência da doença. Todos os novos informes seguem em investigação.

O total de casos descartados (30) e confirmados (2) é o mesmo do boletim anterior, divulgado em 25 de setembro.

O maior número de notificações continua concentrado em Campo Grande, onde são 27 casos informados –13 ja foram descartados e o mesmo número segue sob investigação, sendo que a cidade tem um dos dois casos já confirmados (de uma criança de 10 meses que acompanhou a família em viagem a São Paulo no início de agosto e apresentou sintomas cerca de duas semanas depois).

Aquidauana (5 notificações, 4 sob apuração e um caso descartado), Água Clara (4, com 3 descartados e um em apuração) e Três Lagoas (três notificações, uma descartada, uma em apuração e um caso confirmado, de um médico de 52 anos que esteve na região da Grande São Paulo) são as outras cidades com maior número de casos.

Com duas notificações, aparecem Alcinópolis e Coxim, todos sob apuração; Chapadão do Sul e Maracaju, com suspeitas já descartadas. Aparecida do Taboado aparece com três casos notificados da doença.

Anastácio, Bataguassu, Bodoquena, Guia Lopes da Laguna, Jardim, Porto Murtinho, Rochedo e Taquarussu tiveram cada uma um caso notificado, já descartados. Dourados, Corumbá, Japorã, Miranda, Naviraí, Paranaíba e Paranhos, também tiveram um caso informado cada, que seguem sob investigação.

A SES informa que são considerados suspeitos casos nos quais os pacientes, independentemente da idade e situação vacinal, apresentarem febre e manchas vermelhas na pele, acompanhados de tosse, coriza ou conjuntivite (ou combinação dos sintomas); e que estiveram no exterior ou mantiveram contato com alguém que esteve foram do país nos últimos 30 dias. As confirmações, porém, dependem de exames realizados pelas autoridades de saúde.

A SMS (Secretaria Municipal de Saúde) através da Coordenadora Epidemiológica, Eugênia Paiva, confirma que três casos da doença foram notificados no município. No entanto, ela explica que todas as suspeitas já foram descartadas. Ouçam

 

 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13