Rádios On-line
DIÁRIAS DE VEREADORES

Top 3 dos vereadores que mais gastaram com diárias

Os três juntos já receberam mais de 1 milhão de reais neste mandato

27 NOV 2019 - 10h:19Por Gabi Almeida

As diárias dos vereadores são valores pagos ao agente público, previsto por lei, por dia de afastamento do Legislativo. Elas são utilizadas pelos vereadores para custear despesas com hospedagem, alimentação e combustível.

Sendo assim, utilizando recursos públicos, vereadores de Aparecida do Taboado (MS), gastaram R$ 801.608,92 apenas do começo do mandato até agora. O valor é equivalente a se hospedar por quase 14 anos num dos mais tradicionais hotéis do centro de Campo Grande, o Hotel Jandaia. Os dados foram levantados pela nossa reportagem junto ao Portal da Transparência e o site da Câmara de Vereadores.

O mandato nem acabou e os números são impressionantes. O levantamento feito pela nossa reportagem constatou que no período de janeiro de 2017 a novembro de 2019, houve o “impressionante e vultoso” pagamento de diárias aos vereadores no valor de R$ 801.608,92. A soma das diárias mais os subsídios (salários) de todos os vereadores juntos, somente neste período totaliza o “absurdo e astronômico valor de mais de 3 milhões de reais (R$ 3.125.678,92).

Mais de 43% das diárias empenhadas ao longo deste mandato foram gastas por apenas três vereadores: Gilson Antônio de Barros (Gilson da Cohab/PSD), Ronaldo Néris de Jesus (PDT) e Walteir José de Oliveira (Véião/PTB). Eles consumiram em diárias R$ 227 mil.

Gilson da Cohab aparece em primeiro na lista: R$ 76.414,00. O valor representa uma média de R$ 2.100,00 por mês somente em diárias.

Ronaldo Néris, que antes de ser eleito era um crítico “ferrenho” do uso de diárias, já gastou R$ 76.002,00 neste mandato. Uma média de R$ 2.171,00 por mês.

Véião, o terceiro da lista, gastou R$ 74.868,00.

Se imaginarmos que cada um desses vereadores já recebem um subsídio mensal no valor de R$ 7.378,00 e ainda tem direito a diárias, os Top 3 do legislativo municipal juntos já foram contemplados, neste mandato, com mais de 1 milhão de reais (R$ 1.001.974,00).

Essa “farra” das diárias repercute negativamente em todo o município. Para se ter uma ideia, somente este ano já foram desembolsados mais de 290 mil reais para custear viagens de vereadores.

Segundo o Portal da Transparência, esses valores pagos foram para custear a participação dos vereadores em seminários, visitas a deputados e outros assuntos de interesse do legislativo.

Ranking de gastos com diárias (*período de janeiro 2017 a novembro 2019)

Cada vereador recebeu, individualmente, os seguintes valores:

1º Vereador Gilson Antônio de Barros: R$ 76.414,00

2º Vereador Ronaldo Néris de Jesus: R$ 76.002,00

3º Vereador Walteir José de Oliveira: R$ 74.868,00.

 

4º Vereador Andrey Magno dos Reis: R$ 74.364,00

5º Vereador Alaor Bernardes da Silva: R$ 71.874,00

6º Vereador José Rodrigues de Matos: R$ 70.446,00

7º Vereador Marcelo Fagundes: R$ 64.062,00

8º Vereador José Natan: R$ 53.452,00

9º Vereador Moysés Chama: R$ 39.852,00

O que dizem os “Top 3”

Procurados pela nossa reportagem os vereadores não quiseram se manifestar sobre os números. O vereador Gilson da Cohab, por telefone disse que não vai falar sobre o assunto. O segundo no ranking, vereador Ronaldo Néris, também não quis comentar. O vereador Véião não foi encontrato pela nossa reportagem.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13