Rádios On-line

A cafeína e o câncer da mama

Café aumenta o efeito do remédio tamoxifeno, usado no tratamento

3 MAI 2013 - 10h:45Por Redação

Quando ingerimos café, chocolate, refrigerantes à base de cola etc., a cafeína presente é absorvida no intestino delgado, e após alguns minutos já está na corrente sanguínea e sendo levada para todos os órgãos do corpo. Ela acelera os batimentos cardíacos, estimula o cérebro, aumenta o fluxo urinário, a produção de ácidos digestivos, relaxa os músculos lisos e os que controlam os vasos sanguíneos e as vias respiratórias.

Um estudo realizado pela Universidade de Lund, na Suécia, revelou que a ingestão de duas xícaras de café por dia reduz para metade o risco de que o câncer da mama volte a aparecer em pacientes que já tiveram a doença.

Ao que parece, a cafeína combinada com a medicação colabora na prevenção da doença, pois o café aumenta o efeito do remédio tamoxifeno, usado no tratamento.

Para chegar a essa conclusão, os especialistas observaram o desenvolvimento do câncer de mama em 600 pacientes da região sul da Suécia durante um período de cinco anos, enquanto cerca de 300 mulheres tomaram essa droga, que é prescrita em casos pós-cirúrgicos.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13