Rádios On-line
8937
JORNAL DO POVO MOBILE

Anatel recebe 16 mil inscrições de voluntários no 1o dia do projeto que medirá qualidade da banda la

31 AGO 2012 - 12h:30Por Redação

 A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) vai medir a velocidade da banda larga no Brasil com a ajuda dos usuários do serviço. Eles vão avaliar a qualidade das conexões atualmente oferecidas pelas operadoras com mais de 50 mil assinantes. Apenas no primeiro dia de inscrição, nesta quinta-feira (30), mais de 16 mil voluntários de todo o País se cadastraram para as 12.092 vagas da etapa inicial do Programa de Aferição da Qualidade, criado pela Anatel para este fim.


Atualmente, as operadoras com mais de 50 mil assinantes são Oi, Net, Telefônica/Vivo, Telefônica Data, Ajato Telecomunicações, GVT, CTBC Telecom, Embratel, Sercomtel e Cabo Telecom. A previsão é de que, a partir de outubro, essas operadoras entreguem uma conexão com velocidade média mensal mínima de 60% da velocidade vendida ao consumidor.

Esses percentuais terão de aumentar a cada ano e chegar à média mensal de 80% da velocidade contratada até 2014. Atualmente, a velocidade média entregue aos usuários fica em torno de 10% da contratada.

As medições devem começar em outubro e os primeiros relatórios deverão ser encaminhados à Anatel a partir de novembro. Após a avaliação dos dados, a agência dará publicidade aos resultados aferidos para os indicadores de rede em sua página na Internet.

Voluntários ainda podem se inscrever

As inscrições podem ser feitas por meio de formulário disponível no portal www.brasilbandalarga.com.br, bastando, para isso, informar dados pessoais e do serviço contratado. Não há data limite para o cadastro de voluntários. Somente funcionários das empresas analisadas não poderão participar do projeto. Quem não for escolhido agora, pode ser sorteado em uma próxima etapa da pesquisa. Anualmente, haverá renovação de 25% da base de voluntários.

Os voluntários receberão gratuitamente o whitebox – equipamento que permitirá medir a qualidade de sua conexão. São Paulo receberá o maior número de aparelhos (2.135), seguido do Paraná (1.254) e Minas Gerais (1.306). O Amapá receberá a menor quantidade de equipamentos (94). A Anatel garante o sigilo dos dados dos usuários será preservado.

Não há necessidade de técnico para instalar o medidor. Basta conectar o aparelho no modem, conforme o vídeo demonstrativo disponível no endereço:

http://www.youtube.com/watch?v=HCTBTCXenbg&feature=youtube_gdata_player.

As dúvidas podem ser enviadas para o e-mail suporte@brasilbandalarga.com.br.

Após ser conectado ao modem ou roteador de cada residência ou empresa, o whitebox fará uma medição diária e ininterrupta da banda larga fixa, por meio de indicadores, como velocidades de upload e download, latência, variação da latência (ou jitter) e perda de pacotes – dados que serão encaminhados à Anatel.

Entidade Aferidora da Qualidade

A agência enviará as informações à Entidade Aferidora da Qualidade (EAQ), órgão autônomo e independente, criada para conduzir os processos de aferição da qualidade da banda larga fixa e móvel no País, de forma a possibilitar à Anatel aferir os indicadores de qualidade desejados. Além de colaborar para o programa, cada voluntário receberá um relatório mensal, com dados relativos à qualidade do serviço em sua residência ou empresa.

O Programa de Medição da Qualidade da Banda Larga Fixa no Brasil foi criado pela EAQ por causa das inúmeras reclamações de usuários contra a lentidão da internet banda larga fixa – que somaram 23 mil somente em abril.

Deixe seu Comentário

TVC

TVC Canal 13

JORNAL DO POVO