Rádios On-line
AMEAÇA

Após ameaça de bomba, CNI evacua sede em Brasília

Um funcionário da CNI recebeu um telefonema anônimo de uma pessoa que dizia haver três artefatos explosivos no prédio

14 MAR 2016 - 14h:20Por Redação

Uma ameaça de bomba à sede da Confederação Nacional da Indústria (CNI), em Brasília, mobilizou nesta segunda-feira  (14) 23 homens do Corpo de Bombeiros e 30 da Polícia Militar, entre eles do Esquadrão Anti-Bomba, além de cães farejadores.

Por volta das 11h30, um funcionário da CNI recebeu um telefonema anônimo de uma pessoa que dizia haver três artefatos explosivos no prédio, sem especificar a localização. O prédio da CNI, entidade que representa a indústria, tem 17 andares e, nele, funcionam ainda o Serviço Social da Indústria (Sesi), o Instituto Euvaldo Lodi (IEL) e parte do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). O edifício está localizado no Setor Comercial Norte, área central de Brasília, a poucos metros da Rodoviária do Plano Piloto, principal terminal da capital.

No momento da ligação, de 600 a 700 funcionários do sistema CNI estavam no prédio. Todos foram retirados para a ação do Esquadrão Anti-Bomba.

O trabalho ainda não terminou e, de acordo com o tenente Santos, policial militar que está coordenando a ação de busca, é possível que ainda entre pela tarde.

A CNI representa 27 federações de indústrias e 1.250 sindicatos patronais, aos quais são filiadas quase 700 mil indústrias. (Agência Brasil)

Deixe seu Comentário