Rádios On-line
11559

Balança comercial registra queda de 12,76% em agosto

No mês passado, Três Lagoas exportou US$ 6,7 milhões a menos no comparativo com julho

17 SET 2012 - 12h:00Por Danilo Fiuza

 Três Lagoas encerrou o mês de agosto com queda considerável na balança comercial. Conforme dados do Ministério do Desenvolvimento, o município exportou 12,76% a menos no mês passado se comparado ao resultado atingido em julho: enquanto em julho a balança três-lagoense comemorou a marca de US$ 52,8 milhões em exportações (4% a mais que julho), em agosto, o volume de negócios com o mercado exterior caiu para US$ 46,1 milhões. 


Até então, Três Lagoas só havia fechado a balança comercial abaixo dos US$ 50 milhões em exportações no mês de janeiro, quando foram US$ 43,3 milhões em produtos exportados.  O mês de maio permanece como o melhor da balança comercial três-lagoense, uma vez que nesse período o município exportou mais de US$ 70 milhões. 

No acumulado do ano, foram US$ 437,6 milhões em exportações. São US$ 9 milhões a menos se comparado ao mesmo período do ano passado. De janeiro a agosto de 2011, Três Lagoas havia exportado US$ 446 milhões nos 872,8 mil quilos de produtos exportados. Já neste ano, foram 804 toneladas em produtos exportados para outros países.

PRODUTOS
Ainda segundo a Secretaria de Comércio Exterior, mais de 90% dos produtos produzidos no município são de bens intermediários, com US$ 432,5 mi do total da balança. Deste total, US$ 357,6 mi são em insumos industriais e US$ 74,8 mi em alimentos e bebidas destinados a indústria. Além disso, US$ 3,8 mi são em bens de capital, como equipamentos de transporte de uso industrial. Os bens de consumo aparecem em terceiro lugar da balança comercial de Três Lagoas estão os bens de consumo, com US$ 1,2 milhão em produtos exportados.

Embora com queda na produção, quando comparado ao ano anterior, a celulose permanece como a principal fonte de exportações do município. Dos US$ 437,6 milhões exportados, US$ 273,2 milhões são em celulose. Em valores, também há pouca diferença de um período para outro. Em 2011, o município exportou US$ 272,9 mi (de janeiro a agosto) em celulose.
Em segundo lugar na balança, está o óleo de soja, com US$ 74,8 milhões em exportações. No mesmo setor, também se destacam o bagaço da soja e a farinha de soja, com US$ 30,3 mi e US$ 14,2 milhões, respectivamente em negócios. Os produtos ocupam quarto e quinto lugar na balança comercial. Posições de destaque, principalmente para a farinha de soja, que começou na ser exportada apenas há dois meses. Já o papel ficou em quarto lugar com US$ 31,1 milhões em exportações.

A China segue firme como a maior consumidora dos produtos com o selo três-lagoense. De janeiro a agosto, foram US$ 128,5 em produtos destinados para aquele país. O total equivale a 29,38% de toda a produção local. Depois dele, mas com grande distância, está a Holanda, com US$ 58,38 milhões (13,45% de participação); Itália, US$ 34,6 milhões (7,93%) e Reino Unido, com (7,86%).

IMPORTAÇÕES
Ainda no mês de agosto, Três Lagoas importou US$ 62,9 milhões em produtos. O resultado da balança aponta um aumento de 3,24% se comparado ao mesmo período do mês anterior, quando o mercado três-lagoense trouxe de outros países US$ 60,9 milhões. No acumulado do ano, foram US$ 482,6 milhões. 

Entre os principais produtos importados neste ano, estão produtos para produção têxtil, com US$ 68,3 milhões em fios texturizados trazidos; catodos de cobre (US$ 44,5 mi) e tecidos de filamento, tintos e estampados, com o total de US$ 53 milhões em importações.
 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13