Rádios On-line

Cientistas descobrem por que é impossível comer uma só batatinha

Experimento realizado em camundongos mostrou que um ingrediente ativa o sistema cerebral ligado ao prazer e baixa a sensação de saciedade

15 ABR 2013 - 12h:23Por Redação

Cientistas alemães conseguiram desvendar um antigo mistério que assolava quase a totalidade das pessoas que amam comer um saquinho de batatas chips. De acordo com eles, se a ideia é comer uma só é melhor nem abrir o pacotinho, pois será impossível: o cérebro não permite.

Cismado com a impossibilidade de comer só uma batatinha, Tobias Hoch, do departamento de Química da Universidade Erlangen-Nuremberg, liderou um experimento com camundongos e notou que um ingrediente do produto ativa o sistema cerebral ligado à recompensa e provoca uma baixa no sistema de saciedade. 

No estudo, que foi financiado pela própria universidade, um grupo de camundongos foi alimentado durante uma semana com batatinhas. Para descartar se o prazer estava relacionado com a ingestão de gordura e carboidrato, um segundo grupo de camundongos foi alimentado com uma mistura composta da mesma quantidade de nutrientes. Enquanto comiam a atividade cerebral dos animais era monitorada por ressonância magnética.

“Pudemos observar uma diferença significativa em relação a ativação cerebral nos dois grupos. O sistema de recompensa do cérebro era fortemente afetado entre os animais que se alimentaram de chips”, disse Hoch ao iG .

O pesquisador explica que a região do cérebro ligada ao sistema de recompensa foi ativada fortemente pela alimentação de batata e permaneceu em níveis baixos entre os animais que comiam a mistura. Além disso, a região do cérebro ligada à saciedade ficou desregulado, o que estimula a ingestão de alimento.

“Também notamos uma desativação em regiões do cérebro relacionadas ao sistema que regula o sono e encontramos uma ativação das áreas responsáveis pela atividade locomotora e do movimento nos animais que comeram batata frita”, disse.

Hoch ressalta que ainda não há dado algum referente à ação das batatinhas em humanos. Porém, seu experimento mostrou que algum ingrediente do produto fez com que o cérebro dos camundongos mandasse uma mensagem prazerosa. Mas Hoch não conseguiu definir qual seria este produto.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13