Rádios On-line
11565

Contribuintes do Simples Nacional serão notificados para pagar parcela mínima em dezembro

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) informa que os Municípios começarão a receber o Imposto Sobre Serviço (ISS) dos parcelamentos feitos pela Receita Federal do Brasil (RFB) de débitos do Simples Nacional

22 NOV 2012 - 17h:15Por Redação

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) informa que os Municípios começarão a receber o Imposto Sobre Serviço (ISS) dos parcelamentos feitos pela Receita Federal do Brasil (RFB) de débitos do Simples Nacional.

A Lei Complementar (LC) 139, de 10 de novembro de 2011, alterou a LC do Simples Nacional 123/2006 e possibilitou o parcelamento dos recolhimentos em atraso dos débitos tributários apurados no Simples Nacional. 

Desde Janeiro deste ano os contribuintes se dirigem à RFB, aos Estados e Municípios conveniados com a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) para registrar o pedido de parcelamento dos seus débitos segundo as regras do ente federado e observando a LC 123/06 e alterações. 

Nos casos em que o Estado e o Município não são optantes pelo convênio com a PGFN, os contribuintes acessam o sítio da RFB e registram os pedidos de parcelamentos. Esse pedido suspende o débito e ao contribuinte é disponibilizada certidão positiva, com efeito, de negativa.

Os municípios sem o convênio, recebem por meio do Comunicado do Comitê Gestor do Simples Nacional (CGSN), que é atualizado periodicamente, a informação de todos os contribuintes do seu Município que registraram o pedido de parcelamento na RFB. 

No momento do pedido o contribuinte não efetua pagamento de parcelas. A RFB fará a consolidação dos parcelamentos solicitados e expedirá notificações aos contribuintes com pedidos de parcelamento ainda em dezembro, para que efetuem o pagamento da parcela mínima, cabendo rescisão do parcelamento e exclusão do Simples Nacional o não atendimento à notificação. 

Para o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski é importante a iniciação da cobrança do parcelamento para que os Municípios também comecem a receber o ISS devido.

“O inciso III do artigo 52 da Resolução 94/2011 determina que o repasse para os entes federados dos valores pagos e a amortização dos débitos parcelados seja efetuado proporcionalmente ao valor de cada tributo na composição da dívida consolidada ou do valor correspondente, no caso de pagamento de parcela mínima”, explica.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13