Rádios On-line

Crença em Deus aumenta eficácia de tratamentos para doenças psiquiátricas

Fé foi associada não só com melhora do bem-estar psicológico, mas redução da depressão e da intenção de automutilação

26 ABR 2013 - 11h:55Por Redação

A crença em Deus pode melhorar significativamente o resultado de indivíduos em tratamento para doenças psiquiátricas, de acordo com estudo realizado por pesquisadores do Hospital McLean, afiliado da Universidade de Harvard, nos EUA.

A equipe, liderada por David H. Rosmarin, analisou indivíduos em um esforço para investigar a relação entre o nível de crença em Deus dos pacientes, as expectativas para o tratamento e os resultados reais de tratamento.

"Nosso trabalho sugere que as pessoas com um nível moderado a alto de crença em um poder superior se saem significativamente melhor em tratamentos psiquiátricos a curto prazo do que aqueles sem crença, independentemente da filiação religiosa. Crença foi associada não só com melhora do bem-estar psicológico, mas redução da depressão e da intenção de automutilação", explica Rosmarin.

O estudo analisou 159 pacientes, recrutados durante um período de um ano. Cada participante foi convidado a avaliar sua crença em Deus, bem como suas expectativas para o resultado do tratamento e regulação da emoção, cada um em uma escala de cinco pontos. Os níveis de depressão, bem-estar e automutilação foram avaliados no início e no final do programa de tratamento.

Dos pacientes da amostra, mais de 30% afirmaram nenhuma afiliação religiosa específica e ainda assim tiveram os mesmos benefícios do tratamento se a crença em um poder superior foi classificada como moderadamente ou muito alta. Pacientes com nenhuma ou crença leve em Deus foram duas vezes mais propensos a não responder ao tratamento em comparação com pacientes com níveis mais elevados de crença.

O estudo concluiu que a crença em Deus está associada com melhores resultados do tratamento em cuidados psiquiátricos. "Nossos resultados sugerem que a crença na credibilidade do tratamento psiquiátrico e aumenta nas expectativas do tratamento podem ser mecanismos pelos quais a crença em Deus afeta os resultados do tratamento", afirma Rosmarin.

Segundo os pesquisadores, estes resultados são importantes na medida em que destacam as implicações clínicas da vida espiritual. "Esperamos que este trabalho possa levar a estudos maiores a fim de ajudar tantas pessoas quanto possível", conclui o pesquisador.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13
  • Programas: