Rádios On-line
11565

Cresce o segmento da moda Plus Size em Três Lagoas

Aumento de pessoas acima do peso melhora a oferta de roupas em tamanhos maiores

23 OUT 2012 - 16h:35Por Reprodução/Internet

A moda precisa considerar o aumento do peso da população, sendo esta importante fatia de consumidores, que fizeram crescer no Brasil o segmento conhecido como “Plus Size”, do inglês tamanhos maiores.

O “Gordinhas Maravilhosas” é um dos maiores sites do Brasil dedicados exclusivamente ao assunto, com milhares de seguidores no país e exterior. Segundo destacou em entrevista ao JP Dionisio Sanabio, um dos fundadores do site, que padrões de tamanho nunca existiram de fato, mas a sociedade cobra. “A mídia vive de estereótipos, e tudo que é diferente é mal visto. O segredo é parar de olhar apenas a televisão e observar as ruas. Irá encontrar muito mais pessoas iguais a você”, afirmou. Ainda segundo Dionisio, apesar de haver preconceito contra pessoas acima do peso, a aceitação melhorou no país por causa do poder de compra, o que resultou na melhora da auto-estima. “Todas as pesquisas dizem que a população brasileira engordou. Logo um grande mercado consumidor não poderia ser deixado de fora. E acho que a aceitação vem disso. Quando você passa a não ser excluído pelas grandes marcas e passa a se vestir melhor, melhora a auto-estima”, explicou Dionisio.

Segundo Neuracy Moreira, vendedora da loja Heri Jeans, que comercializa roupas de tamanhos maiores em Três Lagoas, o movimento aumenta a cada ano. Trabalhando numeração até o 68 para mulheres e 70 para homens, a vendedora observou aumento entre o público feminino. “A loja era especializada em modelos masculinos, mas diante da procura, passamos a comercializar também roupas femininas”, afirmou Neuracy.

A artista plástica Marjorie Angeli, 38 anos, disse à reportagem que apesar da melhora na oferta de roupas para tamanhos maiores, a variedade e beleza ainda são um problema. “Biquini, maiô e lingerie, apesar de hoje haver tamanhos maiores, possuem pouca variedade e, a maioria das roupas são feias. Os maiôs são feitos mais para pessoas que já atingiram a terceira idade, sendo difícil encontrar modelos com visual mais jovial”, falou.

 A população brasileira engordou nos últimos anos, evidenciando uma tendência comum a países que passam pela melhora do poder aquisitivo da população e consequente ascensão das classes sociais. O inchaço da classe média brasileira é a que melhor reflete a tendência, que aumenta diariamente.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13