Rádios On-line
8995

Curso sobre estratégias para conservação reúne oficiais da PMA em Corumbá

O objetivo é qualificar os militares para o planejamento estratégico e execução da proteção ao meio ambiente, com o envolvimento da sociedade civil. Atualmente é realizado pela PMA Mato Grosso do Sul

9 NOV 2012 - 09h:15Por Redação

Começa hoje (9) a décima edição do Curso de Estratégias para a Conservação da Natureza, que reunirá no Pantanal de Corumbá, até o dia 17, oficiais da Polícia Militar Ambiental de todo o país. O curso, iniciado em 1992, tem por objetivo qualificar os militares para o planejamento estratégico e execução da proteção ao meio ambiente, com o envolvimento da sociedade civil. Atualmente é realizado pela Polícia Militar Ambiental de Mato Grosso do Sul (PMA).


A preparação dos oficiais para atuarem fortemente na ação preventiva e não repressiva, por meio dos conhecimentos sobre legislação e dos ecossistemas brasileiros, foi idealizada pelo hoje tenente-coronel Ângelo Rabelo, que comandou a primeira formação da então Polícia Florestal, em Corumbá. A corporação foi criada nos anos de 1980 para combater os caçadores de jacarés no Pantanal.

Depois de atuar dez anos na repressão ao contrabando de milhares de peles de jacarés e ao tráfico de animais silvestres num período de leis ambientais frágeis, Rabelo percebeu a necessidade de capacitar os policiais ambientais para usarem o conhecimento técnico como arma e convencimento na antecipação aos crimes ambientais. Hoje esta consciência se multiplica nos quarteis e nas comunidades.

Abertura

O curso nasceu há 20 anos, com o apoio do Fundo Mundial para Natureza (WWF), e em 2005 passou a ser incorporado aos projetos do IHP (Instituto Homem Pantaneiro), ONG de Corumbá que atua na preservação e conservação do Pantanal. Atualmente é realizado pela Polícia Militar Ambiental de Mato Grosso do Sul. Cerca de 360 oficiais de todos os estados receberam treinamentos nos anos anteriores.

 



A abertura da décima edição ocorrerá às 11h do dia 9, no salão de eventos do Kalypso, barco-hotel que hospedará os militares e sediará as palestras navegando pelo Rio Paraguai por sub-regionais do Pantanal, até a divisa com Mato Grosso. O palestrante convidado é a bióloga Emiko Kawakami Resende, chefe da Embrapa Pantanal, que falará sobre os desafios da conservação do bioma.

A programação inclui aulas de campo e palestras de alguns dos maiores especialistas em conservação do país, dentre os quais Fernando A. S. Fernandez, Fábio Olmos, José Augusto Ferraz (chefe do Parque Nacional do Pantanal) e Miguel Serediuk Milano, bem como palestrantes do setor público, privado e de ONGs locais (IHP) e de representatividade no Brasil (SOS Mata atlântica). 

Apoio

Os policiais ambientais, durante o curso, conhecerão algumas reservas ambientais, como a Eliezer Batista (da MMX) e Acurizal, além do Parque Nacional do Pantanal, situado no limite entre Poconé (MT) e Corumbá. Também conhecerão a escola Jatobazinho, que trabalha com as crianças ribeirinhas, e os corixos de água transparente do Porto São Pedro. O barco Kalypso percorrerá cerca de 500 km.

O encerramento, às 11h do dia 17, será no Centro de Convenções do Pantanal. Esta edição tem o apoio da Agência Nacional de Águas, Fundação O Boticário de Proteção a Natureza, SOS Mata Atlântica, ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), MMX - Mineração e Metálicos -, Faculdade Santa Teresa e RPCSA (Rede de Proteção e Conservação da Serra do Amolar).

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13