Rádios On-line

Dia Mundial do Câncer alerta para mitos e verdades

1,5 milhões de mortes seriam evitadas se metas para reduzir doenças fossem alcançadas até 2025

4 FEV 2013 - 08h:13Por Reprodução

Criada no ano de 2005, o Dia Mundial do Câncer é celebrado todo dia 4 de fevereiro por todo o mundo. A data, instituída pela União Internacional para o Controle do Câncer (UICC), propõe aumentar a conscientização sobre a doença, uma das principais causas de morte atualmente.

O objetivo da campanha, neste ano de 2013, é derrubar mitos relacionados à doença e apresentar fatos que são verdadeiros à população.

Atualmente, 7,6 milhões de pessoas morrem de câncer a cada ano em todo o mundo, dos quais, 4 milhões de pessoas morrem prematuramente (com idade entre 30 a 69 anos). A menos que medidas urgentes sejam tomadas para aumentar a conscientização sobre a doença e desenvolver estratégias práticas para enfrentar o câncer, esta taxa é projetada para aumentar para 6 milhões de mortes prematuras por ano em 2025.

A União Internacional de Controle do Câncer (UICC) e a Agência Internacional para Pesquisa sobre Câncer (IARC) anunciaram que 1,5 milhões de vidas que seriam perdidas para o câncer, poderiam ser salvas por ano, se medidas decisivas fossem tomadas para alcançar a meta "25 em 25" da Organização Mundial da Saúde (OMS), que visa reduzir mortes prematuras devido a doenças não transmissíveis em 25% até 2025.

"A estimativa de 1,5 milhões de vidas perdidas por ano para câncer que poderiam ser prevenidas deve servir para unir os nossos esforços na implementação da meta "25 em 25" da Organização Mundial da Saúde. Há agora uma necessidade de um compromisso global para ajudar avanços políticos e incentivar a implementação de planos nacionais abrangentes de controle do câncer. Se quisermos ter sucesso, temos uma responsabilidade coletiva para apoiar países de baixa e média renda, que estão resolvendo uma epidemia de câncer com recursos insuficientes", afirma Christopher Wild, diretor da IARC.

Dia Mundial
No Dia Mundial do Câncer, UICC e seus membros estão incitando o público e os governos a falar a uma só voz para desfazer mitos e equívocos danosos sobre o câncer.

Com o tema "Câncer - Você sabia?" indivíduos e comunidades são incentivados a lançar luz sobre quatro mitos sobre o câncer e a "verdade" correspondente através de um aplicativo que pode ser acessado por meio do link: https://apps.facebook.com/world_cancer_day

Mito 1: O câncer é apenas uma questão de saúde. Verdade: O câncer não é apenas um problema de saúde. Ele tem amplo alcance social, econômico e implicações no desenvolvimento e nos direitos humanos;

Mito 2: O câncer é uma doença dos países ricos e desenvolvidos e de pessoas mais velhas. Verdade: O câncer é uma epidemia global, que afeta grupos socioeconômicos de todas as idades, com países em desenvolvimento tendo um encargo desproporcional;

Mito 3: O câncer é uma sentença de morte. Verdade: muitos cânceres que já foram considerados uma sentença de morte podem ser curados agora e para muitas pessoas o câncer já pode ser tratado de forma eficaz;

Mito 4: O câncer é o meu destino. Verdade: Com as estratégias adequadas, pelo menos 30% dos casos de câncer podem ser impedidos com base no conhecimento atual.

"Ao compreender verdadeiramente esta doença mortal, os governos podem desenvolver estratégias adequadas para reduzir mortes prematuras e alcançar a meta da OMS. Os números hoje anunciados pela IARC e UICC revelam o valor humano fundamental de alcançar essa meta. 1,5 milhões de pessoas salvas de uma morte prematura devido ao câncer é igual a toda a população de Filadélfia, Auckland, Barcelona ou Maputo", afirma Cary Adams, CEO da UICC.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13