Rádios On-line
CRISE

Dono da JBS grava Temer dando aval para compra de silêncio de Cunha

o empresário Joesley Batista foi ao gabinete de Fachin, ministro do STF, informar que gravou o presidente tentando negociar silêncio de Eduardo Cunha

17 MAI 2017 - 20h:20Por Otávio Neto

O dono da JBS, Joesley Batista, afirmou à PGR (Procuradoria-Geral da República) que o presidente Michel Temer (PMDB) deu aval à compra do silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB) e do operador Lúcio Funaro, ambos presos na Operação Lava Jato. Deputados pedem o Impeachment de Michel Temer que ainda não se pronunciou.
Ainda de acordo com o jornal, a conversa entre Joesley e Temer teria acontecido no dia 7 de março no Palácio do Planalto. O empresário teria gravado a conversa com um gravador escondido. Em caso de afastamento de Temer, uma eleição indireta indicaria o próximo presidente tô Brasil. Em caso de abertura de processo de afastamento, Temer poderia ser afastado em 3 meses. Em Brasília já se fala em renúncia de Temer.
 

Deixe seu Comentário