Rádios On-line
7913
Prefeitura Folclore 14 a 180819

Economia deve crescer 3,2% em 2009, diz BC

Presidente Lula afirmou ontem que o governo vai trabalhar para o PIB cresça 4% no ano que vem

23 DEZ 2008 - 06h:40Por Redação

O Banco Central (BC) tem sido conservador na projeção para o crescimento econômico, o que não quer dizer que a meta do governo não possa ser alcançada. A afirmação é do diretor de Política Econômica do BC, Mário Mesquita, que apresentou ontem (22) o Relatório Trimestral de Inflação.
De acordo com o relatório o Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, deve crescer (projeção) 3,2%, sendo que a meta do governo, divulgada pelo Ministério da Fazenda é de 4%. “O cumprimento da meta do governo de 4% está dentro do intervalo de possibilidade para o crescimento de 2009”. Mesquita  disse, no entanto, que não é a primeira vez que as projeções do governo não são as mesma do Banco Central.

PRESIDENTE


Apesar da crise econômica mundial, o governo vai trabalhar para que o Produto Interno Bruto (PIB) cresça 4% em 2009, disse no Rio o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em discurso para empresários europeus e brasileiros, durante o Seminário Empresarial Parcerias Brasil-União Européia: Desafios e Oportunidades para os Próximos Anos.

Ele voltou a cobrar regras que limitem a especulação no sistema financeiro mundial e reafirmou que o Brasil está preparado para enfrentar a crise. "O país não vai entrar em recessão e vai continuar crescendo. Certamente, não crescerá os 6% ou 7% que gostaria que crescesse, mas poderá crescer 4% e vamos trabalhar por isso", disse Lula. "Apesar de gente dizer que o Brasil vai crescer 2,8% ou 3%, quero que os empresários saibam que no governo e na equipe econômica vamos trabalhar com a perspectiva de 4% [de crescimento econômico]. Não haverá um único projeto do governo que será paralisado por conta da crise", acrescentou.

 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
7300