Rádios On-line
7916

Economia deve crescer 3,2% em 2009, diz BC

Presidente Lula afirmou ontem que o governo vai trabalhar para o PIB cresça 4% no ano que vem

23 DEZ 2008 - 06h:40Por Redação

O Banco Central (BC) tem sido conservador na projeção para o crescimento econômico, o que não quer dizer que a meta do governo não possa ser alcançada. A afirmação é do diretor de Política Econômica do BC, Mário Mesquita, que apresentou ontem (22) o Relatório Trimestral de Inflação.
De acordo com o relatório o Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, deve crescer (projeção) 3,2%, sendo que a meta do governo, divulgada pelo Ministério da Fazenda é de 4%. “O cumprimento da meta do governo de 4% está dentro do intervalo de possibilidade para o crescimento de 2009”. Mesquita  disse, no entanto, que não é a primeira vez que as projeções do governo não são as mesma do Banco Central.

PRESIDENTE


Apesar da crise econômica mundial, o governo vai trabalhar para que o Produto Interno Bruto (PIB) cresça 4% em 2009, disse no Rio o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em discurso para empresários europeus e brasileiros, durante o Seminário Empresarial Parcerias Brasil-União Européia: Desafios e Oportunidades para os Próximos Anos.

Ele voltou a cobrar regras que limitem a especulação no sistema financeiro mundial e reafirmou que o Brasil está preparado para enfrentar a crise. "O país não vai entrar em recessão e vai continuar crescendo. Certamente, não crescerá os 6% ou 7% que gostaria que crescesse, mas poderá crescer 4% e vamos trabalhar por isso", disse Lula. "Apesar de gente dizer que o Brasil vai crescer 2,8% ou 3%, quero que os empresários saibam que no governo e na equipe econômica vamos trabalhar com a perspectiva de 4% [de crescimento econômico]. Não haverá um único projeto do governo que será paralisado por conta da crise", acrescentou.

 

Deixe seu Comentário

JORNAL DO POVO

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
7300