Rádios On-line

Entressafra antecipada

Com estoques de soja praticamente zerados e plantio atrasado nos Estados Unidos, as exportações brasileiras dispararam

24 MAI 2013 - 15h:21Por Redação
Enquanto colheitadeiras avançam sobre os últimos campos de soja no Brasil, a indústria começa a se preocupar com a possibilidade de desabastecimento. Com estoques praticamente zerados e plantio atrasado nos Estados Unidos, as exportações brasileiras dispararam e a oferta escassa no mercado doméstico. Segundo analistas, perto de dois terços das mais de 81 milhões de toneladas que foram produzidas neste ano já foram comercializados. E a resistência dos produtores em negociar as menos de 30 milhões de toneladas que restam para vender tem feito os preços domésticos contrariarem a sazonalidade negativa e subirem com força nas principais praças de comercialização do país.

Nas últimas duas semanas, a cotação da saca de 60 quilos valorizou em média R$ 5 no país. No Paraná, produtores têm recebido cerca de R$ 55, contra R$ 50 na semana anterior, mostra levantamento Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretarial Estadual da Agricultura e do Abastecimento (Seab). Em Ponta Grossa, praça mais valorizada do Paraná, os compradores chegaram a oferecer mais de R$ 60 por saca – R$ 1 por quilo – para garantir o produto.

Vendas aceleradas

11,65 milhões de toneladas de soja foram exportadas pelo Brasil no primeiro quadrimestre do ano. Embarques superam em 3,6% o volume registrado nesta mesma época de 2012, ano de vendas recordes.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13