Rádios On-line
VÓLEI FEMININO

Equipe brasileira vence Venezuela e consegue segunda vitória

Brasil é a maior vencedor na história do Sul-Americano com 19 títulos e venceu as últimas 11 edições da competição

17 AGO 2017 - 09h:30Por Redação

A seleção brasileira feminina de vôlei conseguiu a segunda vitória na 32ª edição do Sul-Americano. A equipe do treinador José Roberto Guimarães venceu, nesta quarta-feira (16), a Venezuela por 3 sets a 0 (25/15, 25/6 e 25/12), em 1h01 de jogo, no Coliseo Evangelista Mora, em Cali, na Colômbia. Na estreia, as brasileiras venceram a Argentina também por 3 sets a 0. O campeão da competição garantirá vaga no Mundial de 2018, no Japão.

O próximo desafio do Brasil no Sul-Americano será hoje (17) às 19h (horário de Brasília) contra o Chile . O site www.voleysur.org transmitirá ao vivo.

A ponteira Amanda e a central Carol foram as maiores pontuadoras na vitória do Brasil, com 10 pontos cada. Pelo lado da Venzuela, a ponteira Desiree Glod foi quem mais marcou, com seis acertos.

Aniversariante do dia, a ponteira Amanda, que completou 29 anos, falou da alegria de defender o Brasil e comentou sobre o bom resultado contra a Venezuela.

“Estou muito feliz de estar na Colômbia vestindo a camisa da seleção brasileira e ajudando o grupo nesse Sul-Americano. Hoje é o dia do meu aniversário e poder estar em quadra jogando vôlei que é a minha maior paixão é um prazer imenso. Vamos seguir trabalhando forte dia a dia nesse Sul-Americano em busca do nosso objetivo que é a vaga no Mundial”, disse Amanda.

A central Carol destacou o boa atuação das brasileiras no confronto contra a Venezuela.

“Fiquei feliz pela nossa atitude nessa partida e pela vitória. Esse é um campeonato muito importante para o nosso grupo por ser classificatório para o Mundial. Agora é pensar n Chile e seguir passo a passo no Sul-Americano para conquistarmos o título”, explicou Carol.

O Brasil é o maior vencedor na história do Sul-Americano com 19 títulos e venceu as últimas 11 edições da competição.  No Sul-Americano, em Cali, todas as equipes se enfrentam e a seleção que conseguir o maior número de vitórias ficará com o título.

O jogo

Bem no saque, o Brasil começou melhor e fez 8/3. Com Tandara pela pipe, o time verde e amarelo abriu cinco pontos (10/5). A equipe do treinador José Roberto Guimarães foi para o segundo tempo técnico vencendo por 16/10. As brasileiras dominaram a parcial até o final e venceram o primeiro set por 25/15.

O Brasil fez os 11 primeiros pontos do segundo set. Com Carol bem nos ataques pelo meio, o time verde e amarelo fez 14/2. No segundo tempo técnico, as brasileiras venciam por 16/3. O Brasil não deu chances para a Venezuela até o final da segunda parcial e venceu o set por 25/6.

O Brasil começou a terceira parcial com uma formação diferente, com Roberta, Monique, Drussyla, Amanda, Mara, Bia e a líbero Suelen. Com Amanda bem no ataque, o time verde e amarelo fez 6/3. O Brasil manteve o domínio da parcial e fez 14/6. Se aproveitando dos erros das venezuelanas, as brasileiras abriram 11 pontos (20/9). O Brasil dominou a parcial até o final e venceu o terceiro set por 25/12 e o jogo por 3 sets a 0.

Equipes

BRASIL: Roberta, Tandara, Natália, Rosamaria, Carol e Adenízia. Líbero – Suelen
Entraram – Macris,  Monique, Amanda, Drussyla e Mara 
Técnico – José Roberto Guimarães 

VENEZUELA: Bidean, Medina, Desiree, Serrano, Quijada e Florian.  Líberos – Segura e Urbina 
Entraram – Morillo, Paredes e Paz. 
Técnico – Ihosvanny Chambers

Tabela de jogos (Horário de Brasília) 

15.08 (TERÇA-FEIRA) – Brasil 3 x 0 Argentina (25/21, 25/15 e 25/15) 
16.08 (QUARTA-FEIRA) – Brasil 3 x 0 Venezuela (25/15, 25/6 e 25/12) 
17.08 (QUINTA-FEIRA) – Brasil x Chile, às 19h
18.08 (SEXTA-FEIRA) – Brasil x Peru, às 19h 
19.08 (SÁBADO) – Brasil x Colômbia, às 17h30

(Informações da CBV)

Deixe seu Comentário