Rádios On-line

Farc prometem libertar três reféns a partir de hoje até sábado

Os sequestros causaram tensão no diálogo de paz mantido pelas Farc e a Colômbia em Havana, capital cubana.

13 FEV 2013 - 12h:17Por Redação

O comando das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) devem libertar um soldado e dois policiais até o próximo sábado (16), segundo o Comitê Internacional da Cruz Vermelha. A liberação dos reféns deve ocorrer, por etapas, a partir de hoje  (13) à tarde, e ocorre sob mediação da Cruz Vermelha e da organização não governamental (ONG) Colombianos e Colombianas pela Paz.

Para as operações, o Exército colombiano deve interromper temporariamente suas ações militares nas regiões onde ocorrerão as libertações. Haverá um cessar-fogo temporário. A interrupção faz parte de um acordo entre governo e guerrilheiros, intermediado por setores da sociedade civil.

A previsão é que sejam libertados os policiais Victor Alfonso González Ramírez e Cristián Camilo Yate Sánchez, sequestrados no Vale do Cauca em 23 de janeiro, e o soldado Josué Alvarez, capturado no departamento (estado) de Nariño, seis dias depois dos dois militares

Os sequestros causaram tensão no diálogo de paz mantido pelas Farc e a Colômbia em Havana, capital cubana. O vice-ministro da Defesa da Colômbia, Jorge Enrique Bedoya, confirmou a libertação dos três militares. Segundo ele, as libertações ocorrerão em locais diferentes, assim como em dias distintos.

Ontem (12) o ministro da Defesa do país, Juan Carlos Pinzón, reuniu-se com integrantes da ONG Colombianos e Colombianas pela Paz e do Comitê da Cruz Vermelha Internacional. A ex-senadora Piedad Córdoba também participou do encontro. Segundo a ex-senadora, todos os esforços serão feitos para garantir o trabalho humanitário no processo de libertação dos reféns.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13