Rádios On-line
8991

Governo viabiliza projeto para produção de sacolas retornáveis entre presidiárias

As sacolas serão confeccionadas a partir de sacos de ráfia usados e tecidos em algodão cru

3 FEV 2009 - 09h:01Por Redação

A Secretaria de Estado de Governo (Segov), representada pela Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para a Mulher, em parceria com a Fundação do Trabalho de Mato Grosso do Sul (Funtrab), a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) e a Associação Rede Econômica de Supermercados, publicaram hoje (03), no Diário Oficial, um termo de cooperação para a confecção de 20.000 sacolas reutilizáveis pelas internas do sistema penitenciário estadual.

As sacolas serão confeccionadas a partir de sacos de ráfia usados e tecidos em algodão cru. O projeto tem como objetivo a capacitação profissional, a geração de renda e inclusão social de trabalhadoras apenadas ou internas do regime semiaberto de Campo Grande, com a reutilização de materiais descartados por empresas do setor varejista de alimentos. O projeto também visa a preservação ambiental.

O valor do contrato é de R$ 16.551,60 e a vigência será de cinco meses, conforme cronograma de execução, podendo ser prorrogado mediante acordo entre as partícipes por meio de termo aditivo.

 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13