Rádios On-line
11565

Instalações elétricas em bom estado evita desperdício

Casas antigas correm mais riscos de curto-circuito em virtude de fiação elétrica gasta

16 OUT 2012 - 16h:01Por Redação

O valor da conta de energia elétrica costuma ser motivo de preocupação para o orçamento doméstico. Uma rede interna bem instalada reduz os gastos com a conta de luz de forma considerável e evita acidentes.

O brasileiro, de uma forma em geral, costuma não se preocupar com a manutenção da rede elétrica de sua residência, bem como não toma medidas que proporcionem economia de energia. O fato se agrava quando levamos em conta que muitas residências no Brasil são antigas, e que durante décadas não tiveram a devida atenção dispensada às instalações elétricas.

Trocar a fiação elétrica da residência garante maior segurança, além de evitar o desperdício de energia, que acaba invariavelmente sendo paga pelo consumidor. Os fios revestidos em plástico acabam se deteriorando naturalmente, expondo os condutores elétricos do qual isolava. Chuveiros antigos possuíam menor potência, bem como diversos eletrodomésticos eram inexistentes quando a fiação de muitas residências foi instalada, como computadores, ar-condicionado, microondas, freezer, aquecedores dentre outros. O cobre, apesar de não envelhecer, quando há muito tempo instalado, não tem capacidade para suprir a demanda de energia dos novos eletrodomésticos.

Infelizmente, ao contrário do que acontece com instalações hidráulicas, onde os problemas são facilmente detectados pelo consumidor, as instalações elétricas demoram a dar sinais de desgaste, e quando ocorrem, podem causar acidentes e até incêndios em virtude de curto-circuito. Em caso de desarme constante do disjuntor, é quase certo que haja fuga de corrente elétrica ou aquecimento.

Contrate um eletricista

A melhor forma de avaliar como está a rede elétrica da residência é contratando os serviços de um eletricista, que fará uma avaliação profissional e saberá o estado em que se encontra a rede elétrica local.

Especialistas recomendam a troca da fiação a cada cinco anos. Após este prazo o desgaste do revestimento dos fios fica mais acentuado, assim como a aquisição de novos aparelhos costuma aumentar no mesmo período.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13