Rádios On-line
DIA DE PROTESTO

Manifestantes formam multidões em várias capitais neste domingo

100 mil pessoas participaram de ato anti-Dilma na Esplanada dos Ministérios

13 MAR 2016 - 14h:45Por Valdecir Cremon

Com o Hino Nacional cantado em coro, foi encerrada em Brasília a manifestação em apoio ao combate à corrupção e a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff, realizada na Esplanada dos Ministérios. Ao final do hino, os manifestantes gritaram “Fora, PT”.

Segundo a Polícia Militar, 100 mil pessoas participaram da manifestação. Não houve ocorrência de atos violentos, segundo a PM, apenas registro de extravio de documentos e atendimento de pessoas com mal-estar. O percurso dos manifestantes começou no Museu da República e foi até o Congresso Nacional, em um total de dois quilômetros.

Brasília - Manifestantes vão a Esplanada dos Ministérios contra a corrupção e pela saída da presidenta Dilma Rousseff (Wilson Dias/Agência Brasil)

Manifestantes vão a Esplanada dos Ministérios contra a corrupção e pela saída de Dilma

Manifestantes também vestiram camisas com a foto do juiz Sérgio Moro e usam adesivos em apoio ao juiz que comanda o processo de julgamento dos crimes relativos à corrupção em contratos da Petrobras, investigados no âmbito da Operação Lava Jato, pela Polícia Federal.

Em vários momentos, os manifestantes fizeram uma ola em defesa da "limpeza", que defende a saída de políticos corruptos. Nominalmente, eles citaram o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) e de Dilma.

Cerca de 2 mil policiais foram destacados para garantir a segurança nas ruas de Brasília, neste domingo.

Pelo país

Em todo o país, foram programadas manifestações a favor do impeachment de Dilma em 503 cidades, segundo o movimento Vem pra Rua.

Em algumas cidades, a Central Única dos Trabalhadores e movimentos mantiveram a realização de manifestações pró-governo e pró-Lula, tais como Fortaleza, Rio de Janeiro e Porto Alegre. A CUT convocou suas seccionais para uma manifestação a favor da democracia para a próxima sexta-feira, dia 18. No DF, o PT convocou nova manifestação para o dia 31 de março.

Rio de Janeiro - Manifestação em Copacabana contra a corrupção e pela saída da presidenta Dilma Rousseff (Tânia Rêgo/Agência Brasil)

 Manifestantes se concentraram em Copacabana a favor do impeachment 

No Rio, os manifestantes percorreram a Avenida Atlântica, na orla de Copacabana, conduzidos por três carros de som. Um deles trazia uma faixa com a frase "Fora Comunismo". O porta-voz do movimento dizia que as famílias de direita estava ali contra o PT. Uma multidão ocupou as duas vias da avenida, ao longo de cerca de oito quarteirões. Bandeiras do Brasil e muitos cartazes contra o PT, Dilma e Lula são o principal material utilizado pelos participantes.

Salvador - Manifestação em Salvador contra a corrupção e pela saída da presidenta Dilma Rousseff (Sayonara Moreno/Agência Brasil)

No Farol da Barra, os manifestantes protestaram contra o governo Dilma 

 

Recife - Manifestação no Recife contra a corrupção e pela saída da presidenta Dilma Rousseff (Sumaia Villela/Agência Brasil)

Manifestação no Recife contra a corrupção e pela saída de Dilma

Em Manaus, no Amazonas, a manifestação contra o governo e contra a corrupção está marcada para as 16h na orla da praia da Ponta Negra. Uma carreata em direção ao local deve sair às 15h da Rua Kako Caminha, no cruzamento com a Avenida Constantino Nery, segundo um dos organizadores do protesto, Kléber Romão, coordenador estadual do Movimento Brasil Livre.  De acordo com a Polícia Militar do Amazonas, mais de 400 homens, 12 viaturas e 48 motocicletas vão reforçar o policiamento no local onde a manifestação vai se concentrar.

Deixe seu Comentário