Rádios On-line
8991

Matrículas para o ProJovem Urbano são suspensas temporariamente

A coordenação do ProJovem Urbano está aguardando o procedimento do processo de licitação

5 JAN 2009 - 16h:08Por Redação

As matrículas do Programa Nacional de Inclusão de Jovens – Educação, Qualificação e Ação Comunitária (ProJovem Urbano), que beneficiam jovens dos municípios de Coxim, Rio Verde de Mato Grosso, Três Lagoas, Rio Brilhante, Dourados, Ponta Porã e Naviraí, que iriam iniciar hoje (5), foram suspensas. A coordenação do ProJovem Urbano está aguardando o procedimento do processo de licitação para providenciar as matrículas nos referidos municípios.

Segundo a Secretaria Estadual de Trabalho e Assistência Social (Setas), as matrículas foram suspensas devido o processo licitatório, e ainda não foi estabelecida uma data para matrículas nos setes municípios do Estado contemplados pelo ProJovem Urbano.

O ProJovem Urbano tem como objetivo elevar o grau de escolaridade dos jovens de 18 a 29 anos, visando seu desenvolvimento humano e exercício da cidadania, por meio da conclusão do ensino fundamental, de qualificação profissional e do desenvolvimento de experiências de participação cidadã, em um período de dezoito meses. O aluno receberá um auxílio financeiro de R$ 100,00 mensais, desde que tenha freqüência mínima de 75% nas aulas.

Na primeira etapa, a meta estadual é atender três mil jovens distribuídos da seguinte forma: Dourados (900 jovens); Rio Brilhante, Naviraí, Rio Verde de Mato Grosso e Coxim (300 jovens em cada); Ponta Porã e Três Lagoas (450 jovens).

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13