Rádios On-line
11320

Médicos debatem estratégia para saúde em Aparecida

Diretor-presidente do Hospital Regional de Campo Grande aborda tecnologia de gestão

10 NOV 2012 - 08h:01Por Nestor Júnior/Cultura FM 105,5 Mhz

O prefeito eleito de Aparecida do Taboado, José Robson Samara Almeida (PR), promoveu, nesta sexta-feira à noite, conferência com todos os médicos da rede púbica de saúde do município e especialistas para debater estratégia e buscar melhorias no atendimento à população. “Estamos empenhados em vários projetos de infraestrutura. Encaminhamos o processo que garante recursos para esgoto, mas a prioridade é a saúde e a assistência social”, disse o prefeito ao RCN Notícias da rádio Cultura FM 105,5 Mhz.
Robson Almeida convidou o diretor-presidente do Hospital Regional de Campo Grande, Ronaldo Queiroz, para falar sobre tecnologia de gestão e procedimentos de alta complexidade. Queiroz chegou de manhã a Aparecida do Taboado e fez um “tour” pelas unidades de saúde do município. Ele disse que o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Saúde, dispõe de um plano que adota tecnologia de gestão que busca melhorar o atendimento, mas lembrou que a demanda da saúde pública é “infinita”.
“O Estado desenvolve um grande trabalho nas macrorregiões e nas microrregiões, mas é preciso lembrar que a saúde tem demanda infinita, pois, quanto mais se faz, mais se necessita. Acredito que, havendo a consciência da união, de uma gestão técnica, profissional e com a participação da população, podemos avançar muito”, afirmou Queiroz ao RCN Notícias da rádio Cultura FM 105, 5 Mhz. Segundo ele, o ideal é promover saúde de qualidade, ética, em que “o profissional trabalhe feliz e a população seja acolhida com carinho e respeito”.
Ronaldo Queiroz afirmou que pretende oferecer apoio à gestão de Robinho Almeida, como amigo e profissional, lembrando que o Estado também disponibiliza ferramentas importantes para melhoria da saúde púbica. Robinho Almeida disse que a prioridade à saúde ficou clara durante a campanha. Isso não significa, porém, que outros setores serão relegados a segundo plano.
CONFERÊNCIA
A conferência de saúde em Aparecida do Taboado teve participação de 42 médicos. De acordo com o cardiologista José Lima, 52 profissionais foram convidados, 42 confirmaram presença e sete justificaram a ausência. O objetivo da conferência é debater as atuais deficiências e projetar metas para 2013 em diante.

 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13