Rádios On-line
8504
Prefeitura PROREME 10 a 3011

Obras das fábricas da VCP e IP entrarão em recesso dia 19

Cerca de seis mil trabalhadores deixarão a Cidade durante o recesso das festas de fim de ano

16 DEZ 2008 - 06h:33Por Redação

As obras de edificação do complexo industrial VCP/IP vão parar, do dia 19 deste até 5 de janeiro do ano que vem. A informação partiu de fontes de empreiteiras que servem a Votorantim Celulose e Papel (VCP), ao revelarem ontem (15) que o recesso pretende beneficiar os operários, principalmente os que vieram de outras regiões do País, dando oportunidade a que os trabalhadores tenham a chance de rever os familiares e amigos durante o período natalino e festa de fim de ano.
A Cidade vai ser esvaziada, portanto, com a ida de aproximadamente oito mil homens que continuam trabalhando nas obras das fábricas, na saída para Brasilândia, a 30 quilômetros de Três Lagoas.
No alojamento 1 da VCP, na rotatória para Brasilândia, as informações são de que dos 1.500 homens que moravam no local restam cerca de 800 operários. “Todos vão embora”, disse um representante da empresa Meta, uma das que contrata trabalhadores para o complexo industrial.
Alguns operários ainda se encontravam em um ônibus que os levaria para o centro da Cidade. Dentre eles, o baiano de Camaçari André Luiz Ferreira Gonçalves, 28 anos, que foi contratado pela empresa MCE como encanador. “Vou ter a oportunidade de rever minha mulher, a Selma, que está esperando nossa filha para fevereiro”, comentou saudoso. Casado, ele veio para Três Lagoas há quatro meses.
Outro é o operador de estação de tratamento de água Sérgio Santana, 27 anos. Natural de Bataguassu, mesmo trabalhando mais próximo do que o colega, ele também confessa que está com saudades dos pais. Está há dois meses em Três Lagoas. “Mas já estava trabalhando nas obras das indústrias em Brasilândia, de onde vim transferido”, observou.
Um processo de esvaziamento já vem sendo sentido no complexo industrial à medida que as obras vão sendo concretizadas. Dessa forma, desde dois meses atrás operários que já não estão mais prestando serviços na edificação das fábricas.

CONFIRMAÇÕES


Antes do recesso, conforme as fontes, alguns operários vão ser homenageados e receberam prêmios. No entanto, essa informação ainda deverá ser confirmada, provavelmente, amanhã (17) durante reunião-almoço que a VCP oferece aos diretores e também à imprensa.
A reportagem do Jornal do Povo, junto às fontes, tentou levantar o esquema que servirá ao transporte desse grande volume de passageiros. Mas, não foi possível. Seguramente, amanhã a direção da VCP deverá esclarecer.
Deverão funcionar, entretanto, alguns setores considerados essenciais, como segurança e manutenção de maquinários.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
Dá Negócio
6864