Rádios On-line
9247

Oposição articula candidatura de Elenice para OAB-MS

Elenice já presidiu a Caixa de Assistência dos Advogados de Mato Grosso do Sul (CAAMS)

29 JAN 2009 - 08h:25Por Redação

Um grupo de advogados da Capital está articulando o lançamento da candidatura da advogada Elenice Carille, conselheira federal, à presidência da seccional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MS), como representante da ala oposicionista. Inclusive, dezenas de veículos já circulam pelas ruas de Campo Grande com adesivos da pré-campanha: “Elenice 2009”.
Elenice já presidiu a Caixa de Assistência dos Advogados de Mato Grosso do Sul (CAAMS). Em 2005, foi empossada na vice-presidência da Comissão Nacional de Direitos Humanos da OAB. Sua primeira tarefa foi a de acompanhar, juntamente com outros membros da Comissão, as investigações a respeito do assassinato da missionária norte-americana Dorothy Stang, ocorrido no Pará. Também as denúncias a respeito do estado de desnutrição das crianças indígenas na região de Dourados foram tratadas pela Comissão.
Ela também foi autora da proposta de impeachment do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e sustentou em maio de 2006 sua tese de que o presidente da República sabia do mensalão, tendo inclusive se beneficiado dessa prática e incorreu em crime de responsabilidade.
Numa intervenção incisiva ao plenário do Conselho Federal da OAB, Elenice Carille fez várias indagações entremeadas de críticas a Lula, a quem acusou de ser o principal responsável pela crise política, a despeito do presidente afirmar sempre que não tinha conhecimento dos fatos denunciados.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13