Rádios On-line

Pais que limpam chupeta dos filhos com saliva protegem crianças de alergias

Micróbios comensais orais transferidos de pai para filho impedem aparecimento de infecções respiratórias

13 MAI 2013 - 12h:19Por Redação

Pesquisadores da Universidade de Gotemburgo, na Suécia, demonstraram que a sucção dos pais na chupeta do bebê pode fornecer proteção significativa contra o desenvolvimento de alergias nas crianças.

Em um grupo de 184 crianças acompanhadas desde o nascimento, os pesquisadores registraram quantos bebês usavam chupeta nos primeiros 6 meses de vida e como os pais limpavam a chupeta.

A maioria dos pais lavava o produto na água da torneira antes de dar ao bebê, por exemplo, depois de ter caído no chão. No entanto, alguns pais também ferviam a chupeta e a limpavam. No entanto, outros pais tinham o hábito de colocar a chupeta do bebê em sua boca e limpar por sucção, antes de voltar para o bebê.

Verificou-se que as crianças cujos pais habitualmente chupavam a chupeta eram três vezes menos propensas a sofrer de eczema aos 1,5 anos de idade, em comparação com os filhos de pais que não faziam isso. Quando controlados para outros fatores que podem afetar o risco de desenvolver alergia, o efeito benéfico da sucção dos pais sobre a chupeta permaneceu.

O uso de chupeta, por si só, não teve efeito sobre o desenvolvimento de alergia na criança. Ferver a chupeta também não afetou o desenvolvimento de alergia de forma estatisticamente comprovada.

Nenhuma infecção respiratória mais alta foi vista em crianças cujos pais chupavam as chupetas em comparação com outras crianças, como evidenciado por diários mantidos pelos pais em que eles observaram eventos significativos, tais como infecções.

A saliva é uma fonte muito rica de bactérias e vírus, e os pesquisadores acreditam que micróbios comensais orais são transferidos de pai para filho, quando eles chupam a chupeta. Quando a composição da flora bacteriana na boca foi comparada entre crianças cujos pais chupavam a chupetas e aqueles cujos pais não faziam isso, elas foram diferentes, apoiando esta hipótese.

De acordo com a "hipótese da higiene", o desenvolvimento de alergia pode ser atribuído em parte à escassez de estimulação microbiana durante a primeira infância. "Estabelecimento precoce de uma microflora bucal complexa pode promover o amadurecimento saudável do sistema imunológico, contrariando assim o desenvolvimento da alergia", afirma a líder do estudo Agnes Wold.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13