Rádios On-line

Presidente da Confederação dos Municípios cobra recursos imediatos para educação

Devem ir para educação 50% dos resultados do fundo

19 MAR 2013 - 16h:45Por Redação

O presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, cobrou, há pouco, recursos imediatos para a educação. Pelo texto da medida provisória (MP 592/12) que trata da destinação dos recursos dos royalties, só a rentabilidade do Fundo Social será destinada para a área. 50% dos resultados do fundo devem ir para educação.

"Quando será isso? 2018? Até lá esse dinheiro ficará parado sendo investido em títulos públicos pelo governo federal", criticou Ziulkoski durante audiência publica da comissão especial que analisa a MP 592/12.

Ziulkoski lembra que a educação infantil é responsabilidade dos municípios e que 9 milhões de crianças estão fora das creches.

A audiência ocorre no Plenário 3 da ala Alexandre Costa, no Senado.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13