Rádios On-line
11559

PRF alerta para risco de alagamento nas rodovias

Seis pontos críticos de alagamento na rodovia que liga Três Lagoas à Campo Grande foram registrados

4 FEV 2009 - 06h:14Por Redação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) alerta os motoristas sobre pontos de alagamentos sobre a BR 262 no período de chuvas. De acordo com o inspetor Sylvio Costa Jardim Neto, na terça-feira passada (27), a corporação registrou seis pontos críticos de alagamento na rodovia que liga Três Lagoas à Campo Grande. Os pontos foram: quilômetro 3 (praticamente quase toda a avenida Ranulpho Marques Leal, extensão da BR 262), km 13, km 18, km 24, do km19 ao 20 (próximo à base da PRF) e km 78,5. 
“Próximo ao posto Lagoão, as águas do açude invadiram a pista, que ficou totalmente sob a água. Além disso, no km 18, onde no ano passado tivemos um deslizamento, a pista teve de ser interditada por 20 minutos, até que os policiais tivessem certeza de que o trecho estava transitável”, explicou Sylvio.
No entanto, o ponto mais crítico foi no km 78,5, onde parte do acostamento foi levado pela força da enxurrada. Não houve danos à pista, mas o inspetor pede atenção especial aos motoristas que por lá passarem. “O DNIT [Departamento Nacional de Infra-Estrutura] foi informado e os reparos necessários deverão ser feitos assim que possível”, completou.
Para Sylvio, em caso de chuvas fortes nas estradas, o ideal é que o motorista procure um posto de combustível, ou entradas de fazendas, estacione e espere a chuva passar. “É melhor aguardar um pouco, até que o tempo melhore, e depois seguir viagem a correr o risco de se envolver em acidentes”. No entanto, não se deve parar nos acostamentos.
Além disso, os motoristas devem estar atentos à manutenção dos veículos. Limpadores de vidro, pneus e os faróis devem estar funcionando plenamente.
“Outro fator de extrema importância é a velocidade. Principalmente em baixadas, os condutores devem reduzir a velocidade ao máximo para evitar o risco de aquaplanagem (perda de aderência dos pneus com a pista)”.
O inspetor informou que, desde o começo do período de chuvas, a PRF tem intensificado as ações de presença próximo aos pontos de alagamento. O objetivo é coibir os excessos de velocidade, principalmente no caso de veículos grandes. O alvo tem motivo. “Caso um veículo passe em uma lâmina d’água de 30 centímetros, ele é capaz de gerar uma onda de um metro e até arremessar veículos menores para fora da pista”, explica Sylvio.
Na terça-feira passada, policiais rodoviários federais permaneceram em quase todos os pontos críticos. Na Ranulpho Marques Leal e no km 18 cones foram usados para aumentar a segurança das pistas. “A nossa preocupação também se deve ao período de férias, que está prestes a terminar. Então, o movimento nas pistas é intenso”.
As ações têm demonstrado resultado. Até o momento, a PRF não registrou um acidente em decorrência das chuvas.

CARVANAL

Além disso, a PRF também deverá intensificar as fiscalizações no período de Carnaval. Segundo Sylvio, a delegacia de Três Lagoas não receberá reforço neste ano. Porém, todo o efetivo, incluindo administrativo, será destinado às operações nas pistas. Para isto, as férias de todos foram suspensas. O foco será excesso de velocidade e embriagues. “Principalmente em frente ao Parque de Exposições, onde acontecerá o Carnafolia”, alerta. A PRF deverá montar pontos fixos na avenida em todos os dias de festa. (R.P.)

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13