Rádios On-line
9247

PRF apreende mais de mil toras de madeira irregular

22 JAN 2009 - 06h:00Por Redação

Policiais rodoviários federais apreenderam 1015 toras de madeira irregular no Posto Fiscal do Jupiá, km 2 da BR 262 (saída para o Estado de São Paulo). A ação foi desencadeada às 10 horas de segunda-feira (19), depois que os policias foram chamados pelos agentes de fiscalização.
De acordo com o chefe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Três Lagoas, Sylvio Costa Jardim Neto, durante fiscalização, os servidores do Posto Fiscal desconfiaram da nota fiscal apresentada pelo motorista do caminhão, Flávio Guimarães da Rocha, 27 anos. O documento estaria vencido desde o dia 9 de janeiro. “Já no local pudemos constatar que esta era apenas uma das irregularidades”, completou.
A outra citada pelo inspetor é relacionada ao Documento de Origem Florestal (DOF), onde, de acordo com ele, constaria um veículo e uma rota diferente da utilizada. “Pelo documento, além do fato de que outro caminhão deveria efetuar o transporte, a rota indicada era por Paranaíba até chegar ao estado de São Paulo, e não por Três Lagoas”.
A madeira nobre, da espécie aroeira, seria proveniente da Bolívia, como explicou o proprietário da carga, Milton Faustino do Nascimento, 49 anos, aos policiais. Os dois, motorista e proprietário, alegaram ser da cidade de Dourados.
 “Nestes casos, os dois também correm o risco de serem multados pelo IBAMA (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente), cujo valor varia de acordo com o caso. No entanto, independente do resultado da ação, o proprietário já perdeu esta carga, que deverá ser distribuída a alguma instituição filantrópica”. O caso foi levado à 2ª Delegacia de Polícia, em Três Lagoas, onde um inquérito policial por crime ambiental foi instaurado. O motorista chegou a ser detido. (RP)

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13