Rádios On-line
9248

Processo antigo de aposentadoria não deve ser mudado

13 JAN 2009 - 06h:00Por Redação

O ministro da Previdência Social, José Pimentel, recomendou ontem (12) que os trabalhadores que já iniciaram o processo de aposentadoria no sistema antigo, ou seja, em que o trabalhador precisava comprovar os dados previdenciários, que aguardem o desfecho do processo.
Isso porque, segundo Pimentel, a Previdência tem como referência para o pagamento da aposentadoria o dia do pedido do benefício. Isso que dizer que o trabalhador receberá a aposentadoria com juros e correção monetária referentes ao dia em que iniciou o processo, independentemente do tempo que levou o trâmite.
Desde o último dia 5, a Previdência passou a utilizar o sistema informatizado que permite ao trabalhador conseguir o benefício da aposentadoria em 30 minutos. O novo sistema ainda inverteu o ônus da prova, ou seja, agora a própria Previdência é que apresenta os dados previdenciários do trabalhador.
Pimentel explicou que se o trabalhador decidir começar outro processo agora, por causa do novo sistema, irá perder dinheiro. “Mostramos ao trabalhador que isso é prejudicial, porque tendo feito seu pedido anteriormente, no dia em que formos pagar o benefício, ele será retroativo à data em que fez o pedido”, argumentou.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13