Rádios On-line
11559

Projeto prevê cobertura de mais de 50% de Paranaíba com rede de esgoto

Paranaíba terá duas etapas de obras de esgotamento sanitário, segundo a Sanesul.

25 OUT 2012 - 07h:26Por Redação

Paranaíba terá duas etapas de obras de esgotamento sanitário, segundo o gerente regional da Sanesul no Bolsão, Marcos Malheiros do Amaral. As obras da primeira fase, em execução, devem ser concluídas no próximo semestre e em seguida será licitada a fase da PAC Saneamento, que deve elevar a cobertura da cidade com rede e tratamento de esgoto.
 
Nessa primeira fase foram investidos apenas no projeto do sistema de esgotamento sanitário R$ 319.992,28 em recursos próprios.
 
O objetivo do estudo foi diagnosticar a infraestrutura da cidade, as condições de saúde e a qualidade de vida da população local, assim como as condições ambientais, para que as melhorias atendam a demanda dos próximos 30 anos, segundo a Sanesul.

O projeto visa ampliar a cobertura do serviço de esgotamento sanitário, evitando que o esgoto seja lançado no sistema de drenagem da cidade, poupando as galerias pluviais e cursos d’água de Paranaíba, incluindo ainda sistema de afastamento, coleta e tratamento do efluente.

De acordo com o gerente da Regional Bolsão, Marcos Malheiros do Amaral, a Sanesul está investindo R$ 3,48 milhões na rede coletora de esgoto, com extensão de 13.265 metros e 511 ligações domiciliares. Nessa primeira fase estão previstos também 5.248 metros de interceptor, construção de duas estações elevatórias de esgoto, construção de um reator anaeróbico de leito filtrante (Ralf), caixa receptora de autofossa, leito de secagem e obras complementares.

A rede de esgoto atenderá aos bairros Daniel I, Ipê Branco I e II, Salomé, Bairro Industrial de Lourdes (nas proximidades da Praça da Iacal).

CHAPADÃO DO SUL

A Sanesul fará licitação para execução de obras de ampliação do sistema de esgotamento sanitário no  município de Chapadão do Sul. A Sanesul prevê investir R$ 9.973.512,94 de recursos próprios.

O empreendimento abrange a execução de 18,3 quilômetros de rede de coleta de esgoto, implantação de 1.065 ligações domiciliares, 6,8 km de coletor, 4,9 km de recalque, instalação de uma estação elevatória e esgoto bruto, implantação de sistema de tratamento, com desarenador, caixa de areia, leito de secagem, reator anaeróbio de leito filtrante (Ralf) e laboratório, execução de 1,4 km de emissário final, entre outras intervenções.(EC)

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13