Rádios On-line
8991

UTAM elege nova diretoria dia 17 e faltam candidatos

7 JAN 2009 - 06h:20Por Redação

A União Três-lagoense de Associação de Moradores (UTAM) elege a nova diretoria – triênio 2009/2011 – neste mês, no entanto, a falta de chapas inscritas para concorrer nas eleições vem preocupando a atual presidência. Segundo Maria Auxiliadora, a “Rosa”, presidente da UTAM, até hoje apenas uma pessoa já preencheu o formulário para ser candidato. O único a apresentar uma chapa foi Nelson Ferreira Medeiros, presidente do Bela Vista e Ipacaraí. E o prazo vence nesta quarta-feira (7). “Quem estiver disposto a concorrer nessas eleições só tem hoje para preencher e entregar o formulário”, alertou Rosa.
A chapa deverá ser composta por presidente, vice-presidente, 1º secretário, 2º secretário, 1º tesoureiro, 2º tesoureiro, 1º diretor social, 2º diretor social, diretor de esporte, diretor de imprensa e conselho fiscal, composto por quatro membros. As eleições são abertas para presidentes de bairros da Cidade, que, ao todo, somam 37.
De acordo com Rosa, para acompanhar as eleições uma comissão composta por três membros foi montada no dia 24 de novembro do ano passado, por meio de assembléia geral. Além disso, cada chapa terá direito a um fiscal de eleição, que será seu representante na comissão, como prevê o Estatuto da instituição. Este fiscal também deve ser apresentado até às 17 horas de hoje.
As eleições serão realizadas por voto secreto, na sede da UTAM, situada à rua João Silva, 956, Lapa, das 13h às 17 horas de sábado (17). Da diretoria da UTAM, apenas cinco membros terão direito à voto (presidente, vice, 1º secretário, 2º secretario e diretor social). A contagem dos votos deve acontecer no mesmo dia. A posse da nova diretoria também deverá acontecer em seguida.

DIFICULDADES

No entanto, Rosa prevê que o trabalho do novo presidente não será nada fácil neste começo de ano. A principal meta da nova diretoria no início do mandato será lidar com o projeto de lei de redução de bairros. Aprovado nas últimas sessões extraordinárias da Câmara de Vereadores, no mês passado, o projeto prevê a redução de 120 loteamentos – até então, Três Lagoas não contava com um único bairro se quer regularizado -, para apenas 34. “Com esta redução e a junção de mais de um bairro, o novo presidente terá de lidar com a decisão de extinguir algumas associações. Isso tudo dependerá do novo mapa da Cidade. Também temos áreas em que não há associação alguma para representar os moradores. A redução e a regularização dos bairros de Três Lagoas já se faziam necessárias há muito tempo, mas com certeza gerará muita discussão”, declarou.
Além disso, a presidente também informou que todas as associações de bairros terão de alterar seus estatutos por conta das novas delimitações da Cidade. “Depois de tudo isto, o novo presidente deverá realizar as eleições em todas as associações, já que todos os mandatos estão vencidos desde o ano passado”. As eleições das associações foram adiadas já por conta do projeto de remapeamento da Cidade, apresentado pela Câmara de Vereadores em março de 2008. (R.P.)


Deixe seu Comentário

TVC Canal 13