Rádios On-line
BALANÇO

2019: Criminalidade diminui em Mato Grosso do Sul

Segundo a Sejusp, 17 municípios não registraram homicídios no ano passado

14 JAN 2020 - 11h:20Por Luis Vilela

O secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira, acompanhado dos representantes das forças de segurança que compõem a pasta, divulgou na manha desta segunda-feira, um balanço dos índices de criminalidade do ano de 2019.

Segundo o secretário, o ano de passado foi positivo no que diz respeito ao combate ao crime, visto que houve queda em todos os tipos de crimes comparando 2019 com 2018. A secretaria dividiu os dados por campo grande, inteiro do estado e região de fronteira. Na capital destaca-se o crime de latrocínio que registrou queda de 67%, sendo 9 casos em 2018 e 3 em 2019.

Na capital também houve queda significativa no crime de roubo em via pública, queda de 58,8%.

Em Mato Grosso do Sul houve queda de 12% nos crime de homicídio doloso com 400 casos registrados, sendo que 17 municípios do estado não houve homicídio em 2019.

As apreensões de drogas cresceu no Estad, escpecialmente a cocaína, droga a qual teve 1631 kg apreendidos em 2018 e 3607 kg apreendidos em 2019, aumento de 121%. No geralforam 367,281 kg de drogas apreendidas em MS no ano passado contra 339.067 kg de 2018, aumento de 8%.

Corpo de Bombeiros

A corporação informou que no ano passado foram 181.980 atendimentos no Estado, desse 72.748 ocorrência foram relativas à atendimento de emergências clínicas, acidentes de trânsito entre outros. Os incêndios representaram 7.844 ocorrências de todos os atendimentos, sendo ocorrencias de incêndios residenciais, industriais, veículos e florestais. 

Ocomandante Geral do Corpo de Bombeiros de MS, Joison alves do Amaral, destacou as ações de combate aos incêndios ocorridos no Pantanal de setembro a novembro do ano passado, período em quie foi criada as operações PAntanal I e II. Dessas operações participaram: Corpo de Bombeiros de MT e DF além de MS, PRF, Exército brasileiro, IBAMA, Polícia Federal e PM de SP. A ação ainda contou com 793 militares e civis, 80 viaturas, 3 aviões de combate a incêndios e 3 helicópteros.

Deixe seu Comentário

Maílson interno

Rádio CBN CG

Ver Todos os Vídeos