Rádios On-line
16779
CBN AÇÃO 2019 PAULO VICENTE
DIA MUNDIAL DA AMAMENTAÇÃO

Aleitamento materno deve seguir até os dois anos de idade

No dia Mundial da Amamentação especialistas reforçam a importância do ato

1 AGO 2019 - 15h:00Por Isabelly Melo

A amamentação é um importante laço afetivo entre mãe e filho, que começa antes do contato físico entre os dois. Para garantir os nutrientes e a quantidade necessária de leite as mães devem, por exemplo, ingerir muita água. Como aconselha o médico pediatra Alberto Jorge Felix.

Segundo o Ministério da Saúde a amamentação é capaz de reduzir em 13% a mortalidade infantil por causas evitáveis em crianças menores de cinco anos. Além de aumentar a imunidade da criança e fortalecer o laço afetivo entre mãe e filho. De acordo com Felix, a amamentação deve seguir até que a criança complete dois anos de idade, afim de que ela receba todos os nutrientes que somente o leite materno possui.

Com o objetivo de conscientizar sobre a importância de as mães iniciarem a amamentação na primeira hora após o parto, e seguir alimentando seus filhos exclusivamente dessa forma por seis meses, a Organização Mundial da Saúde (OMS) definiu o mês de agosto dourado, pois segundo a OMS, o alimento é padrão ouro.

E por ser tão valioso o leite materno pode ser doado para suprir as necessidades de crianças cuja mães não possuem a quantidade suficiente do alimento. A Maternidade Cândido Mariano, localizada na R. Mal. Candido Mariano Rondon, nº 2644, é um dos locais que possui banco de leite materno na capital. O banco conta atualmente com 98 doadoras cadastradas e 36 recém-nascidos que precisam de leite. Segundo a nutricionista e uma das responsáveis pelo banco de leite materno, Vanessa Torres, são necessários cerca de 10 litros de leite por dia.

E nesta quinta-feira o Ministério da Saúde, comandado por Luiz Henrique Mandetta, abriu a semana de incentivo à amamentação. A iniciativa ocorre em 170 países, e aqui no brasil, de acordo com Mandetta, serão investidos cerca de R$3,5 milhões na campanha. Mandetta ainda afirmou que as taxas de amamentação nos municípios serão levadas em conta para o pagamento dos profissionais do programa Médicos pelo Brasil, e que a amamentação será um dos pilares da discussão sobre pagamento da saúde básica.

Ouça também a matéria completa: 

Deixe seu Comentário

Rádio CBN CG

Ver Todos os Vídeos