Rádios On-line
REDAÇÃO ENEM 2020

“Alunos que escreveram só sobre doenças mentais erraram”, diz professora

Raquel Siufi explica o que uma boa redação deveria conter e dá dicas para outras provas

22 JAN 2021 - 11h:27Por Isabelly Melo

Estudantes se preparam durante todo o ano para ter um bom desempenho em diversos vestibulares, sendo um dos principais o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). No último fim de semana mais de 6 milhões de inscritos compareceram presencialmente para realizar o primeiro dia de provas, incluindo a redação.

Tema da redação do ENEM 2020 ficou em evidência durante a pandemia

A parte essencial da prova e até mesmo temida pelos estudantes, teve como tema ‘O Estigma Associado às Doenças Mentais na Sociedade Brasileira', assunto que segundo a professora Raquel Siufi (@cursodaraquel) é muito importante de ser debatido e até deveria ter vindo antes.

“As pessoas sofrem muito preconceito, basta você ver como se comportam as empresas no mercado de trabalho quando contratam pessoas, aí essas pessoas precisam se afastar, então ninguém quer contratar alguém que tem depressão. É muito importante esse tema, simplesmente pelo fato de que nós precisamos entender que a depressão, a ansiedade por exemplo, são doenças de verdade e não frescura’, afirmou a professora.

Raquel é referência quando se fala em redação dentro de Campo Grande e até fora do Estado, e não é à toa, a professora acerta o tema da redação do ENEM a 10 anos seguidos. O que pode parecer simples, mas não é. “Não é um trabalho de adivinhação, óbvio. Eu fico de olho em tudo que é mais pertinente naquele ano. Então esse ano eu sabia que ia ser alguma coisa relacionada a saúde mental, por causa da pandemia”.

Com a pandemia as questões de saúde mental ganharam força nas discussões, o que pode ter ajudado quem participou da redação do ENEM, porém, a professora já adianta que só se enquadrou no tema quem focou nos estigmas relacionados a doenças mentais e não simplesmente falou sobre as doenças em si.

“O tema não era a saúde mental e sim o estigma associado as doenças mentais no Brasil. Muitos alunos escreveram só sobre as doenças mentais, esses alunos erraram. As pessoas tem muito problema hoje para interpretar o tema, o estigma é uma marca. Qual é a marca que as pessoas portadoras de transtornos mentais tem? A de que o transtorno mental é uma frescura, de que é falta do que fazer”, explicou Raquel Siufi.

E para quem ainda vai passar pelo ENEM digital nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro vale a dica: mantenha a leitura atualizada, lembre-se de interpretar o tema da redação com cuidado para não acabar fugindo do que foi pedido e claro, nada de parar de escrever. “Não existe formula ou gesso, o ENEM quer um aluno que entenda o problema, saiba o que causa o problema, sabe exemplificar que aquela questão é importante, aponte consequências do problema e saiba soluciona-lo”, disse a professora.

E além do ENEM quem for prestar o vestibular da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) pode participar do aulão de revisão da professora Raquel Siufi, que ainda tem vagas disponíveis. O aulão será online, nesta sexta-feira (22), a partir das 14h. Para se inscrever entre em contato pelo telefone (67) 9 8125-7222. Mais informações no site www.cursoderedacaodaraquel.com.br

Ouça a matéria completa:

 

Deixe seu Comentário

Rádio CBN CG

Ver Todos os Vídeos