Rádios On-line
CRISE TRANSPORTES

Bloqueio na fronteira com a Bolívia avança para o segundo dia

Reunião entre transportadores e governo, na tarde de hoje (13), dará início as negociações para término dos protestos

13 JAN 2021 - 13h:51Por Marcus Moura/CBN

Pelo segundo dia consecutivo, a fronteira de Corumbá com as cidades bolivianas de Puerto Quijarro e Puerto Suárez continua fechada. Cobrando uma reposta do Governo Federal, os transportadores mantiveram o fluxo de veículos impedido na região.

Segundo a imprensa local, várias regiões bolivianas estão com bloqueios. O presidente do Transporte Pesado da Província German Busch, Angel Saavedra, disse ao Diário Corumbaense que a principal demanda da categoria é a prorrogação do prazo de pagamentos de empréstimos, já que a categoria não conseguiu se recuperar da crise.

Ele ainda disse que na tarde desta quarta-feira (13) acontecerá, em La Paz, uma reunião entre os transportadores e o governo boliviano. Há grande expectativa para que o governo de Luis Arce (MAS) consiga solucionar a questão.

De acordo com o jornal boliviano El Deber, cerca de 250 famílias produtoras de alimentos estão entre os mais afetados pelos bloqueios. Somente para eles, cada dia de bloqueio significa cerca de 180 mil bolivianos em prejuízos, o que corresponde a R$ 139 mil reais.

A dilatação dos prazos para pagamento dos empréstimos foi realizada no segundo semestre do ano passado, porém, ainda segundo os manifestantes, não foi suficiente, já que a recuperação da economia caminha em passos lentos.

A CBN Campo Grande vai continuar acompanhando a questão e qualquer novidade você confere ao longo da nossa programação aqui no site e também nas ondas do rádio na 93,7 FM.

Deixe seu Comentário

Rádio CBN CG

Ver Todos os Vídeos