Rádios On-line
AGRONEGÓCIO

Com queda do dólar, preços dos grãos têm desvalorização em MS

Valor do milho pode continuar em baixa com início da colheita, mas soja deve ter alta nos próximos dias

22 JUN 2021 - 15h:00Por Giovanna Dauzacker

O preço médio dos grãos teve desvalorização em Mato Grosso do Sul. Segundo o levantamento feito pelo Sistema Famasul, por meio do Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio (SIGA MS), o valor da saca de 60kg da soja caiu 3,75% entre 07 e 14 de julho, encerrando o período cotada a R$ 150,69/sc. Já o da saca do milho, teve queda de 3,5% no mesmo período, fechando o último dia a R$ 83,81/sc.

A retração se deve ao mercado internacional, em que os grãos também estão desvalorizados, seguindo a queda do dólar, que se mantém próximo aos R$ 5.

“Para os próximos dias, o preço da soja sinaliza recuperação e deverá seguir sustentado com a demanda aquecida. O valor do milho poderá ser pressionado para baixo, em razão da proximidade de colheita que aumentará a disponibilidade do cereal no mercado”, pontua a analista técnica do Sistema Famasul, Eliamar Oliveira.

Na comparação com o ano passado, quando a soja era negociada a R$ 94,86/sc, porém, o preço médio de junho apresenta avanço de 64,75%. Já a saca do milho está 128,90% mais cara neste ano frente ao mesmo mês de 2020, quando estava cotada a R$ 37,29/sc.

As cotações não significam que o produtor está recebendo esses valores, já que, no caso da soja, houve antecipação das vendas e, no caso do cereal, há escassez de estoques.

Deixe seu Comentário