Rádios On-line
VIAGEM DE SABORES

Comer produtos locais, prática cada vez maior nos centros urbanos

Se tem algo que me deixa em êxtase é ver um preparo gastronômico que sei exatamente as origens que resultam produto

25 SET 2020 - 08h:02Por Paulo Machado/Isabelly Melo

Seja a técnica do Okinawa Sobá feito com um macarrão todo especial, receita de mãe pra filha que até hoje é fundamental para se consumir o ensopado mais querido da cidade, ou ainda o carneiro utilizado pra fazer as kaftas no restaurante Yallah, brilhante e sensivelmente escolhida por seu Chef Paco Kawijian.

Semifredo de doce de leite artesanal Foto: Território do Vinho

A tendência de valorizar produtos locais não fica evidenciada apenas pelo fato de estarmos isolados territorialmente por conta da pandemia que vai passando por nosso dia a dia, mas é uma necessidade dos novos tempos. Além de ser bacana o conceito: “eat local”, se alimentar de produtos do seu entorno é uma realidade que beneficia não só as famílias produtoras da sua região, mas também o abastecimento do mercado local e acaba por impactar positivamente para si mesmo e para os seus.

Em tempo, tive o feliz encontro, no restaurante Território do Vinho, uma das mais badaladas mesas da cidade, com um velho amigo: o doce de leite da Estância Mimosa em Bonito. Só que dessa vez transformado em obra-prima da gastronomia. Oriundo de vacas leiteiras da raça Gir. A untuosidade, a cor e sabor são únicos. Um produto local, que conheço toda a cadeia de produção e é feito desde a criação das vaquinhas até a coleta do leite.

Depois, na própria fazenda é realizada a mágica transformação: o leite integral somado ao açúcar e pitada de bicarbonato se transformam em Doce de Leite. Pois bem, eis que encontro uma sobremesa deliciosa feita com o tal doce de leite em diferentes texturas: semifredo, calda, acompanhado de marshmallow artesanal e um crocante de chocolate. Pra se comer de joelhos. Apure os sentidos e bom apetite.

 

Deixe seu Comentário

Rádio CBN CG

Ver Todos os Vídeos