Rádios On-line
8938
QUEIMADA

Comitê do WildFire 2019 já está em Campo Grande para conferência

Grupo participa de uma reunião técnica no auditório Pedro de Medeiros com representantes da Semagro

8 MAR 2018 - 13h:00Por Redação

Estão em Campo Grande, desde a terça-feira (6), membros do International Liaison Committee que organizam a Conferência Internacional de Combate a Incêndios Florestais – WildFire 2019, o maior evento mundial do gênero, e que acontecerá na capital de Mato Grosso do Sul em maio do ano que vem.

Nessa quinta-feira (7) eles participaram de uma reunião técnica no auditório Pedro de Medeiros, do Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo, com representantes da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), da Prefeitura e do trade turístico, para conhecer a infraestrutura de Campo Grande.

Nesta sexta-feira (9) o grupo será recebido pelo governador Reinaldo Azambuja, quando assinam um Termo de Cooperação Técnica que encaminha os preparativos para a realização do WildFire 2019. Em nível estadual, a organização do WildFire 2019 está sob responsabilidade da Semagro, por meio da Fundação de Turismo de MS (Fundtur-MS), do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul); da Superintendência Estadual do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e da prefeitura de Capital.

Estão em Campo Grande os membros do Comitê: Gordy Sachs, chefe do Gerenciamento de Serviço de Combate a Incêncio Florestal e Aviação dos Estados Unidos; Kim Connors, diretor executivo da Agência Internacional de Combate a Incêndio Florestal do Canadá; Bill DeGroot, do Programa de Pesquisa sobre Incêndio do Serviço Florestal do Canadá; Elsa Enriquez Alcalde, do Serviço de Combate a Incêndios Florestais do Ministério da Agricultura, Alimentação e Meio Ambiente da Espanha; Val Charlton, diretor geral de Kishugu, África do Sul; Patricio Sanhuza, gerente do Departamento de Desenvolvimento e Pesquisas para Combate e Gerenciamento de Incêndios Florestais da Corporação Florestal Nacional do Chile; e Pieter VanLierop, Oficial Florestal do Grupo de Pesquisas Naturais, Gerenciamento de Riscos e Mudanças Climáticas da FAO (Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura).

A Conferência Internacional de Combate a Incêndios Florestais – Wildfire – visa a preservação e uso sustentável do meio ambiente mundial. Para tanto vai reunir as partes envolvidas na gestão de incêndios florestais e seus campos relacionados, como silvicultura, clima e meteorologia, ecossistemas, desastres e segurança e saúde humana. Os participantes partilharão conhecimentos e experiências sobre a metodologia de gestão de incêndios e debaterão estratégias para o reforço da cooperação internacional.

A decisão de trazer para Campo Grande o Wildfire 2019 foi tomada em fevereiro de 2016, em reunião com o secretário da Semagro, Jaime Verruck; o então superintendente do Ibama, Márcio Ferreira Yule; e a coordenadora do Núcleo de Interagências, Lara Stei. Também participaram o diretor de Licenciamento, Ricardo Eboli, e a diretora de Desenvolvimento, Thais Caramori, ambos do Imasul.

Representantes do Ibama haviam participado da Conferência realizada em Seul (Coreia do Sul), em 2015, e conseguiram captar o evento para Mato Grosso do Sul na edição de 2019, mas faltava o envolvimento do Estado que foi acertado após a reunião com Verruck. O Wildfire acontece de quatro em quatro anos; o primeiro foi em 1989, em Boston (USA); em 1997, em Vancouver (Canadá); em 2002, em Sidnei (Austrália); em 2007, na cidade de Sevilha (Espanha); e em 2011, em Sun City (África do Sul). (Com informações da Semagro)

Deixe seu Comentário

Rádio CBN Campo Grande

Ver Todos os Vídeos